quinta-feira, 31/01/2013

Casa desmorona em Ipatinga e quase provoca tragédia

A janela está contendo a terra para que a casa não seja "invadida".

 

Um desmoronamento de uma construção, na tarde desta quinta-feira(31), quase provoca uma tragédia na rua Mar Vermelho, bairro Canaãzinho. A construção desmoronou por volta de 16h e um grande volume de terra atingiu a residência do vizinho da casa abaixo.

A residência atingida pertence a Elias José, que muito assustado disse à nossa reportagem: “Aconteceu que eu estava trabalhando e minha filha foi avisada de que a casa do vizinho havia descido sobre a nossa. Desde que este vizinho começou esta construção, eu venho falando pra ele que estava irregular. Não foi feito nenhum tipo de projeto, ele simplesmente cavou o barranco e começou a construir por cima de minha casa. Estava demorando isto acontecer. Graças a Deus não tinha ninguém em casa. Após a queda da construção do vizinho, chamamos a Polícia Militar para que eu registrasse uma ocorrência sobre os danos que ele [vizinho] me causou. A PM me informou que este tipo de ação quem realiza é o Corpo de Bombeiros. Então acionamos os bombeiros. Os bombeiros demoram um bom tempo para comparecer, mas, vieram, e me disseram que o caso é da Defesa Civil. Com a ajuda dos militares tentamos ligar por mais de uma hora para a Defesa Civil e ninguém atendeu. Agora é esperar o dia amanhecer e chamá-los novamente para ver o que deve ser feito".



Elias ainda acrescentou: “Os bombeiros nos disseram que não há mais perigo de desmoronamento, o que tinha de descer, já desceu.”

No local é possível observar que a terra está solta e o que sobrou da construção, apresenta rachaduras enormes no solo.



Nossa reportagem esteve no interior do imóvel atingido e pode observar uma cena assustadora. Um grande volume de terra misturada ao concreto está por um triz de invadir a cozinha da casa. A parede da cozinha já apresenta rachaduras.



Além de Elias, moram na casa a esposa e duas filhas. Ele pretende pedir o embargo da obra caso o vizinho venha a dar continuidade na construção.

No momento do deslizamento não havia ninguém dentro da casa.

Publicidade

Aos pseudocidadãos saibam

Enviado por Ozéias (não verificado) em ter, 05/02/2013 - 06:26.

Aos pseudocidadãos saibam que: A Polícia foi chamada e foi ao local, não havia crime, então não é trabalho da polícia; os Bombeiros foram chamados e foram ao local, não haviam vítimas a serem resgatadas, nem mesmo um cachorrinho, que se fosse o caso certamente haveria todo um trabalho de resgate, então não mais era trabalho destes; ai era a vez do órgão competente compareçer, o que a reportágem não presenciou! A Polícia e os Bombeiros só seguem a cartilha imposta pela legislação,  quem legisla são os vereadores, deputados e senadores, e só fazem isto graças AO SEU VOTO, que lhes dá carta branca pra cuidar da sua vida, 24hs por dia, 7 dias por semana! Quando a pessoa vota consciente sempre buscando melhorar a coletividade(utopia), pode e deve exigir o melhor, quando troca seu direito por porquer trocado, tijolo, feijão ou amizade, já teve o que queria, não pode reclamar de mais nada! 


 Aos pseudocidadãos saibam

Enviado por Ozéias (não verificado) em ter, 05/02/2013 - 06:25.

 Aos pseudocidadãos saibam que: A Polícia foi chamada e foi ao local, não havia crime, então não é trabalho da polícia; os Bombeiros foram chamados e foram ao local, não haviam vítimas a serem resgatadas, nem mesmo um cachorrinho, que se fosse o caso certamente haveria todo um trabalho de resgate, então não mais era trabalho destes; ai era a vez do órgão competente compareçer, o que a reportágem não presenciou! A Polícia e os Bombeiros só seguem a cartilha imposta pela legislação,  quem legisla são os vereadores, deputados e senadores, e só fazem isto graças AO SEU VOTO, que lhes dá carta branca pra cuidar da sua vida, 24hs por dia, 7 dias por semana! Quando a pessoa vota consciente sempre buscando melhorar a coletividade(utopia), pode e deve exigir o melhor, quando troca seu direito por porquer trocado, tijolo, feijão ou amizade, já teve o que queria, não pode reclamar de mais nada! 


O problema desse país é o

Enviado por Alysson (não verificado) em dom, 03/02/2013 - 15:22.

O problema desse país é o jogo de empurra empurra, a policia joga para o bombeiro que joga para a defesa civil que vai jogar para a policia que volta no bombeiro e assim vamos vivendo.


È lamentavel, graças a Deus

Enviado por Anônimo (não verificado) em dom, 03/02/2013 - 15:20.

È lamentavel, graças a Deus que não tinha ninguem. cuidado sr Elias,com estas rachaduras ai. ta perigosa


correção não é só em MINAS q

Enviado por CARLOS (não verificado) em sex, 01/02/2013 - 23:46.

correção não é só em MINAS q a fiscalização é ineficiente ou falha infelizmente é em todo Brasil o jeitinho brasileiro é como um câncer q destroi e arruina muitas vidas .


Errado foi oq o vizinho fez,

Enviado por Rafaela Santos (não verificado) em sex, 01/02/2013 - 17:20.

Errado foi oq o vizinho fez, não ouviu o meu pai (Elias) e quem saiu no prejuízo fomos nós!


Cade a fiscalização ? Em MG

Enviado por Márcio (não verificado) em sex, 01/02/2013 - 11:05.

Cade a fiscalização ? Em MG inteira, a fiscalização é incompetente, fraca e todos vão levando no jeitinho brasileiro. Até acontecer uma tragédia. Povo mineiro é muito acomodado.


Então manda o bombeiro dormir

Enviado por Anônimo (não verificado) em qui, 31/01/2013 - 23:26.

Então manda o bombeiro dormir lá com a família dele pra ver se ele vai.


Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Mais informações sobre as opções de formatação

CAPTCHA
Este recurso é para previnir postagens automáticas feitas por spammers.
Image CAPTCHA
Digite os caracteres mostrados na imagem.


Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2014 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço