Crie ou Acesse seu email


segunda-feira, 24/02/2014

Caseiro é preso por portar armas e munições em Fabriciano

CORONEL FABRICIANO- Na manhã dessa segunda-feira(24), a Polícia Militar recebeu informações de que Ovídio Alves Neto, 69 anos, residente na avenida Ikê no bairro Caladão estaria armazenando e fabricando arma em sua residência. Conforme relatos, ele mora e trabalha como caseiro em uma chácara pertencente á Jose Riscalo Abnir Filho, sendo que a sede da chácara fica aos cuidados de Ovídio.

Após terem a entrada franqueada pela esposa de “Vivi”, como é popularmente conhecido o suspeito, os policiais encontraram dentro de um quarto, quatro espingardas polveira, uma espingarda cal.28 e uma espingarda cal.36, além de munições.

Segundo os policiais, ele é suspeito ainda de fazer manutenção em outras armas quando solicitados por indivíduos da região. Conforme a Polícia há informações de que tais armas seriam de propriedade de Marcos Vinicius dos Santos, vulgo "Gago", indivíduo com diversas passagens pela sistema da Polícia.

Ovídio já foi preso por porte ilegal de armas no ano de 2011 e 2012. Ao suspeito foi dado voz de prisão em flagrante e ele foi conduzido para a delegacia com os materiais apreendidos.

quinta-feira, 05/11/2009

Relator acolhe segunda denúncia contra Eduardo Azeredo no STF, por lavagem de dinheiro

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa acolheu também a denúncia de lavagem de dinheiro contra o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG). Ele é acusado de envolvimento em um suposto esquema de caixa dois durante sua campanha para reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998, que ficou conhecido como "mensalão mineiro".

Caso foi embrião do mensalão, diz relator


Ontem (4), o ministro Barbosa, que é relator da ação, já tinha aceitado denúncia referente ao crime de peculato (desvio de dinheiro público). "Considero haver indícios suficientes da prática do crime de lavagem de dinheiro e por isso recebo denúncia contra o acusado também contra o crime de lavagem de dinheiro."

Os outros ministros ainda devem se manifestar sobre a denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República, para saber se ela será ou não aceita. Em caso positivo, o Supremo abrirá uma ação penal contra o senador, que se tornaria réu. Se a denúncia for rejeitada, o inquérito será arquivado.

18.02.2009 - Alan Marques/Folha Imagem

O senador Eduardo Azeredo é acusado de participar de um suposto esquema de caixa dois durante sua campanha de reeleição para o governo de MG


Na segunda etapa do voto, apresentada nesta quinta, o ministro pronunciou-se sobre os supostos crimes de lavagem de dinheiro, apontando a existência de indícios de que empréstimos foram utilizados como manobra para tornar lícitos recursos oriundos de empresas estatais, que seriam destinados à campanha eleitoral.

O relator relembrou que a defesa de Azeredo argumentou que o então governador não tinha responsabilidade pela administração financeira de sua campanha à reeleição. "Deveria Azeredo responder por eventuais crimes? O senhor presidente da República responderia por crimes de dirigentes da Petrobras e do Banco do Brasil por serem estas empresas estatais e ele, presidente da República? Deve ele (Azeredo) responder por ser governador de Estado e candidato à reeleição?", questiona a defesa.

O relatório nega que esta tenha sido a linha da denúncia. "A acusação está pautada em inúmeros indícios e situações fáticas que permitem ao Supremo Tribunal Federal seu recebimento e instalação de processo criminal contra o acusado".

Pouco antes do reinício do julgamento, o senador concedeu entrevista para falar sobre o caso, dizendo que não tinha conhecimento dos patrocínios citados na denúncia e afirmando achar "estranho" o tratamento que estava sendo dado ao "mensalão mineiro" em comparação com o mensalão que envolveu a base governista e foi denunciado por Roberto Jefferson.

O relatório aponta que as empresas do publicitário Marcos Valério como intermediárias do processo de lavagem de dinheiro. Por meio delas eram contraídos empréstimos fictícios em uma instituição financeira que depois eram quitados com dinheiro de estatais. Oficialmente, as estatais estavam patrocinando eventos esportivos mas, na verdade, de acordo com o relatório, os recursos eram desviados para a campanha eleitoral e também serviam para remunerar os sócios das empresas pela operação de lavagem de dinheiro. Azeredo teria ordenado, na qualidade de governador, a transferência de recursos para as empresas de publicidade.

"Constitui um indício bastante forte o fato de os recursos financeiros oriundos dos empréstimos obtidos por Marcos Valério e seus sócios terem sido depositados, conforme laudos periciais, na conta do acusado. Os empréstimos em questão seriam quitados com recursos oriundos das estatais, pelo menos parcialmente, ainda de acordo com laudo pericial".

O relatório cita trecho da denúncia relativo aos diversos telefonemas de Marcos Valério para Eduardo Azeredo (seriam mais de 70) e a presença constante do publicitário no comitê de campanha eleitoral, além da participação das empresas na transferência de recursos para a campanha como "indícios fortes da acusação de lavagem de dinheiro".

Na entrevista concedida nesta quinta, Azeredo afirmou que "apenas 30 e poucos" desses telefonemas se completaram e "apenas dois tiveram retorno meu". "Se isso é comprovação de relacionamento muito próximo, não sei mais o que é relacionamento próximo", reclamou o senador.
 

 

Do Uol.

 

quinta-feira, 22/10/2009

Lula sobrevoa região mas não consegue aterrissar devido ao mau tempo

 

Desde o início da manhã, a equipe do portal Plox estava no local onde Lula daria entrevista, todos estavam eufóricos com a chegada do presidente, haviam fixado faixas de boas vindas no aeroporto e no centro da cidade.  

A Presidência da República informou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não compareceu a inauguração da Usina Hidrelétrica de Baguari por causa da forte chuva que caiu na região. A cerimônia estava marcada para a manhã desta quinta-feira, com participação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o governador do Estado Aécio Neves e alguns ministros. A informação sobre o cancelamento da visita do presidente e sua comitiva á inauguração, foi transmitida aos jornalistas também pela prefeita de Governador Valadares, Elisa Costa.



Mesmo sem a presença de Lula, a inauguração de uma das quatro turbinas da Hidrelétrica de Baguari aconteceu, sendo comandada pela prefeita do Município. O presidente,  tentou um pronunciamento por telefone viva voz, mas não foi possível, sendo assim transmitiu a prefeita Elisa a promessa de que voltará em breve ao município para a inauguração de uma das três turbinas que ainda não foram inauguradas.

O presidente e a ministra chegaram a sobrevoar a área da usina  por um período de aproximadamente uma hora e trinta minutos , em um avião Legacy, mas não houve condições de pouso .Tentaram pousar no Aeroporto de Ipatinga (Santana do Paraiso), mas devido as fortes chuvas também foi inviável.  Segundo informação distribuída pela Presidência da República, a usina é uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com potência a ser instalada de 140 megawatts (MW) e capacidade para fornecer energia a 500 mil habitantes.

O presidente e sua comitiva retornaram a Brasília. Assessores afirmaram que devido o mau tempo ter acometido grande parte das regiões de Minas, o presidente cancelou toda a sua agenda no Estado, onde estava previsto além da inauguração da Usina de Baguari, eventos nas cidades de Uberlândia e Uberaba. 

 


 

 

 

 

 

quinta-feira, 02/07/2009

Julgamento de Quintão é adiado mais uma vez

 



O desembargador Baía Borges que iria votar após o juiz Maurício Torres que votou a favor do retorno de Sebastião Quintão, não deu seu voto. O desembargador pediu vistas ao processo e a votação deste caso foi interrompida.

Segundo o juiz Maurício Torres, o conceito de renda não se confunde com a situação econômica do candidato. "Ele dispunha de meios para bancar os gastos da campanha eleitoral e respeitou o limite de gastos estabelecido pelo partido". Segundo ele, não existiu abuso de poder econômico. "Os valores auferidos pelos rendimentos dos cartórios poderiam ser utilizados na campanha." Quanto à divergência entre quantidade de sacas de café, "não se pode caracterizar tal fato como abuso do poder econômico".
 
O desembargador Baía Borges pediu vista, ressaltando que Ipatinga é uma cidade de porte, de reconhecida importância em Minas Gerais. Segundo ele, é importante que se julgue com segurança o caso.



 


O Julgamento foi adiado para o dia  8 de julho , quarta feira, quando estão previstos também  os julgamentos de mais dois recursos de Quintão contra decisões da juíza eleitoral de Ipatinga. Será julgado o recurso 7708, contra a cassação decidida em uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (1971) apresentada pelo Ministério Público Eleitoral de Ipatinga. Neste caso, o fundamento foi de uso abusivo das obras e programas municipais, sob ameaça de deixar de beneficiar moradores do Bairro Nova Esperança com os benefícios do Programa Morar Melhor, além de corte de outros benefícios como o Bolsa Família. O candidato conseguiu, junto ao TRE, suspender os efeitos dessa decisão, para que permaneça no cargo até o julgamento do recurso.

Também será julgado na próxima quarta-feira o Recurso Eleitoral 6763, contestando a decisão de primeira instância que decretou a inelegibilidade de Sebastião Quintão (por três anos), a partir de fundamentos semelhantes ao da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo 1971 (abuso de poder nas últimas eleições). Entre outras ações envolvendo o caso, também estão em tramitação no TRE, ainda sem data para julgamento, o Recurso Eleitoral 7879 (para o qual ele também conseguiu efeito suspensivo), contestando a cassação de Quintão em primeira instância por conduta vedada a agente público, e o Recurso Contra Expedição de Diploma 50, por abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio.
  
Juiz Maurício Torres

O Procurador Felipe Peixoto Braga Netto esteve presente em substituição ao procurador José Jairo Gomes. Hoje não houve pronunciamento da procuradoria no processo de Quintão.
 

 O prefeito interino de Ipatinga, Robson Gomes (PPS), acompanhou a sessão atentamente na primeira fila.



O presidente Almeida Melo chegou  atrasado pois se encontrava em outra audiência no Tribunal de Justiça. O voto dele será decisivo no caso de empate na próxima semana.

O Prefeito afastado de Ipatinga, Sebastião Quintão, não foi visto no local.

Este caso começou a ser julgado na última terça-feira, o juiz Benjamim Rabello votou confirmando a cassação, os juízes Renato Prates e Mariza Porto votaram pelo retorno de Quintão ao cargo . Na sessão da última terça-feira, o julgamento também foi interrompido por um pedido de vistas do juiz Maurício Torres que nesta quinta-feira votou a favor de Quintão.

O placar no momento é de 3 a 1 a favor de Quintão.
 


Estaremos de novo aqui no TRE-MG em Belo Horizonte na próxima quarta-feira (8) para fazer a cobertura do caso Quintão. Espera-se que nesta sessão o caso seja definido.
 
PLOX, O portal do Vale do Aço, demonstrou hoje mais uma vez o comprometimento com a informação imparcial.
 
Nosso registro de audiência nos indica que quebramos mais um recorde.
 
Obrigado por sua participação.
 
Ajude a divulgar o PLOX.

 

domingo, 12/04/2009

Cão cabe em xícara e busca título de menor do mundo

Ele tem um terço do tamanho de um porquinho da índia e pesa 85 gramas.
'Ficaria surpreso se ele crescer mais 2,5 ou 5 centímetros', disse dono.Ele é um terço do tamanho de um porquinho da índia --pesa apenas 85 gramas--, mas o cão chamado Tom Thumb pode ser um bom negócio quando se trata de recordes mundiais, segundo reportagem do jornal inglês "Daily Mail".
De acordo com o periódico, Tom Thumb é um sério concorrente para o título de menor cão do mundo. Ele nasceu há três semanas em uma ninhada da cadela chihuahua chamada Spice.
Os proprietários Susan e Archie Thomson, que moram em West Dunbartonshire (Reino Unido), disseram que ficaram encantados quando Tom Thumb nasceu. Ele é três vezes menor que os demais e cabe dentro de uma xícara. 

Experiente na criação de cães chihuahua e de outras raças, Thomson acredita que Tom Thumb provavelmente não vai crescer mais do que isso. "Pelo tamanho de suas patas e cabeça, eu ficaria surpreso se ele crescer mais 2,5 ou 5 centímetros", afirmou ele.
Segundo o jornal "Daily Mail", o menor cão do mundo em comprimento é Heaven Sent Brandy, uma cadela chihuahua, de quatro anos, que vive com sua dona na Flórida, nos EUA, é mede 15,2 centímetros de comprimento.
No entanto, o Guinness considera como menor cão do mundo (tamanho e peso) outra chihuahua chamada Boo Boo, Em 12 de maio de 2007, ela vivia com sua dona, Lana Elswick, em Kentucky, tinha 10,16 centímetros de altura e pesava 675 gramas.
 
Fonte: Globo on Line.
quarta-feira, 01/04/2009

Não Mais Eu, Mais Cristo

   Deus quer operar algo muito profundo em nossas vidas. Algo que realmente coloque no lugar o eixo de nossa vida cristã. Ele não quer somente restaurar o louvor, a adoração, avivar as reuniões, levantar ministérios ou derramar dons.Ele quer você! Sua vida! Tendo completamente a você, a mim e a nós todos, progressivamente ele fará aquelas demais coisas.

 Por quê há tanta diferença entre a vida que Deus planejou e a nossa realidade? A resposta é simples. É porque ainda somos nós que estamos vivendo !! Precisamos reconhecer e crer sinceramente que “em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum” (Rm7:18). Mas “Cristo em mim é a esperança da glória” (Cl1:27). 
Precisamos perguntar: É este o tipo de vida que estou vivendo? Sou justo como Jesus? Perdôo como Jesus? Sou humilde como Ele? Amo como Ele? Sou manso como Ele? Sou vitorioso sobre o pecado?
 Precisamos nos humilhar, a fim de ver nossas falhas e receber a graça de Deus (Tg 4:6). Se na sua vida diária existe inveja, incredulidade, crítica, falta de oração, falta de consagração, adultério, apegos excessivos, pensamentos impuros, gula, dureza de coração, falatório, irritação, falta de interesse pela Palavra, desejo de sempre levar vantagem, pecados encobertos, etc. 
Então precisamos nos humilhar e reconhecer que temos falhado e fracassado em viver a vida que Deus quer. Devemos nos voltar para a Palavra com coração quebrantado e pedir ao Espírito Santo que opere em nós com sua maravilhosa graça.
 
Vou relacionar abaixo apenas alguns itens os quais creio que fazem parte da vida abundante que Deus tem para TODOS nós:
1) Uma vida liberta dos pecados (Mt 1:21)
2) Uma vida que tem íntima comunhão com Deus (Lc1:69,74-75)
3) Uma vida que se satisfaz plenamente com Jesus (Jo 4:14)
4) Uma vida liberta do poder do pecado (Rm 6:14)
5) Uma vida que comunica vida (Jo7:37-38)
6) Uma vida que não se abala com as circunstâncias (Rm 8:35-37)
7) Uma vida que pratica o bem (Ef 2:10)
8) Uma vida cheia de Luz (Jo8:12)
9) Uma vida totalmente santificada (1Ts5:23)
É possível viver esta vida ?...
Eu diria que sim, pois se não fosse para se cumprir, Ele não teria dito. Amén?
 
Vamos primeiro ver como entrar, depois trataremos da essência da vida abundante.
            “Eu vim para que tenham vida, e vida em abundância.” Jo10:10
Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim.”
 Considero este texto a chave para todo o desvendar de uma verdade das Escrituras: Cristo vive em nós! O centro do texto é realmente a essência da vida abundante, “não sou mais eu quem vive, mas Cristo vive em mim”. Cristo é a vida abundante e esta vida está dentro de mim porque Cristo habita em mim! 
Este tipo de vida é uma dádiva, porque é Deus quem nos dá. É uma vida obtida e não conquistada. É uma vida substituída e não modificada, pois “não sou mais eu quem vive, mas Cristo vive em mim”.
Eu preciso e nós precisamos compreender que somps herdeiros em Deus e co-herdeiros em Cristo Jesus!
Declaramos que “Tudo que Jesus conquistou na cruz, é direito nosso e nossa herança”.   
                                                                  Declarar é crer!
Ricardo de Paula Meneghelli
terça-feira, 27/01/2009

Sophia Loren está de volta aos cinemas

A atriz Sophia Loren, verdadeiro ícone do cinema mundial durante anos, vai estrelar um filme produzido pela rede de tv italiana RAI, contando sua história desde a infância pobre até o reconhecimento internacional. A atriz interpretará o papel de sua mãe, Romilda Villani, uma aspirante a atriz, vencedora de um concurso de sósias de Greta Garbo em 1932, que não teve permissão da família para realizar seu sonho em Hollywood.



O título do filme, dividido em duas partes, será "La Mia Casa e Piena di Specchi" e é baseado no livro de memórias da irmã mais nova da atriz. A história vai desde o período da infância no bairro pobre até o ano de 1962, quando ela ganhou o Oscar por "Duas Mulheres", de Vitório de Sicca. Ainda não foi divulgado o nome da atriz que irá interpretar o papel dela quando mais nova. A previsão de estréia é para 2010.

Embora seja um fato curioso, essa não é a primeira vez que uma das divas do cinema estrelou um filme sobre si mesma. A rede de tv americana NBC, produziu em 1980 o filme "Sophia Loren", onde ela interpretou os dois papéis. Sua última aparição da Loren no cinema foi em 2004.  Atualmente, ela está filmando "Nine", uma adaptação de Antony Minguela (O talentoso Ripley) dirigida por Rob Marshal (Chicago).

segunda-feira, 01/09/2008

Leia a carta de Sorín à torcida celeste

"Obrigado! Muito obrigado a vocês criadores do weblog Volta Sorín.

Eu fiquei muito emocionado ao olhar as imagens, ao ler os comentários e, fundamentalmente, sensibilizado e conectado aos torcedores da Nação Azul como se o tempo não tivesse passado.

Claro que volto!! Claro que fico!! Com a alegria e a emoção de estar outra vez na nossa segunda casa!

Sempre falo que somos, minha mulher Sol e eu, argentinos-mineiros. Por nossos amigos em BH, por nossos sentimentos, e por nosso agradecimento ao carinho que vocês deram para a gente.

Estamos contentes de voltar, porque voltar foi e é a nossa escolha!! Porque escolhemos com o coração.

E por tudo isso, estou com a ilusão de  vestir outra vez a camisa azul que tantas satisfações, títulos e experiências me deu. 

A preparação:

Será uma etapa distinta. Será, no inicio, uma preparação para mim. Desde maio que estou sem jogar e treinar com o grupo. Então preciso de tempo e muito treino para estar 100 por cento fisicamente e com ritmo de futebol. E depois, quando esse momento chegar, aí terei a possibilidade de atuar. Sempre dialogando com o treinador Adilson Batista, e já entrosado com o grupo de jogadores que estão fazendo uma temporada excelente.

Pelo bom relacionamento e a confiança que existe com a diretoria, decidimos juntos deixar a porta aberta para talvez jogar este ano ainda. No primeiro contato a idéia era só voltar para me preparar.

Meu contrato e simbólico, e eu vou a Belo Horizonte pelo mesmo caminho que tudo mundo conhece, o caminho da verdade e da esperança.

E com muita felicidade e sonhos, como sempre.

Espero que o físico me acompanhe e que possa voltar aos gramados para me divertir e tomara trazer novas vitórias para o nosso time.

Escolhemos Belo Horizonte pela energia da sua gente, pelo respeito que eu e minha família sentimos cada vez que estamos lá, e porque somos muito felizes em Minas. 

Um grande abraço

Até logo!!

Sorín"

quinta-feira, 30/10/2014

Coelho faz contas para disputar Série A do Brasileirão em 2015

[ad] O América-MG venceu o xará potiguar na última sexta-feira, por 2 a 1 e segue com o sonho de acesso a Série A vivo. Com uma invencibilidade de oito jogos, faltando seis rodadas para o final do campeonato, os jogadores do Coelho fazem as contas de quantos pontos precisam conquistar para garantir o acesso.

"A cada nove pontos disputados, temos que ganhar sete. E agora é partida por partida, encarando todas como uma final. Assim permanecemos com o sonho aceso ainda", explicou o meia Tchô.  

Querendo se aproximar ainda mais dos primeiros colocados, o zagueiro Adalberto já está de olho no próximo adversário do Coelho. O time viaja para Natal, onde encara o ABC-RN, pela 33ª rodada, no sábado (1º de novembro), às 17h20 (de Brasília), no Frasqueirão.

"A motivação cresce a cada jogo, agora focar no ABC para diminuir ainda mais a vantagem", completou Tchô. 
 

Fonte: Globoesporte

 

 

 

quinta-feira, 30/10/2014

Homem preso por tentativa de furto encontra filho e sobrinho detidos em delegacia

[ad] Um ladrão foi preso em flagrante depois de furtar um bar em Lavras, no Campo das Vertentes. Ele foi encontrado agachado embaixo de uma escada. Na delegacia, o suspeito encontrou o filho e o sobrinho, que tinham acabado de ser detidos.

Assim que a Polícia Militar foi acionada, o bandido tentou sair do bar. Ele arrombou a porta do estabelecimento, mas não havia saída pelo local. Sem êxito, o homem tentou se esconder, mas foi encontrado pelos policiais agachado embaixo de uma escada e foi preso em flagrante.

Para entrar no estabelecimento o bandido utilizou um pedaço de madeira para arrombar a porta de entrada. Ele pretendia roubar um aparelho de TV e esconder dentro de um colchonete para não despertar atenção.

Enquanto a dona do bar registrava a ocorrência, o homem encontrou o filho e o sobrinho que foram detidos no mesmo dia e foram levados para a mesma delegacia.

Segundo o militar Gustavo Lima, foi uma situação atípica. "Depois de se reconhecerem, ele se abraçaram dentro da delegacia", disse o policial.

 

Fonte: R7 Minas

quinta-feira, 30/10/2014

Atlético perde para o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã pela semifinal da Copa do Brasil

[ad] Contra o Corinthians, o Atlético obteve um milagre, alcançando uma classificação épica para as semifinais da Copa do Brasil. E na próxima quarta-feira, o time alvinegro vai precisar repetir a dose para obter, pela primeira vez na história, uma vaga na decisão do torneio mata-mata. Tudo por conta da péssima atuação do Galo na noite desta quarta-feira, no Maracanã.

Diferentemente de outras oportunidades, o Atlético estava irreconhecível e foi presa fácil para um Flamengo mais guerreiro. A derrota por 2 a 0 para o rubro-negro, com gols de Cáceres e Chicão, acabou ficando barata para o Galo, que, nem de longe, parecia ser o time que emanava raça do primeiro ao último minuto na maior parte dos confrontos que teve neste segundo semestre de ano.

Na próxima quarta-feira, o alvinegro vai precisar mostrar aquele futebol que encantou seus súditos diante do Corinthians. E contará também com um Mineirão tomado pela Massa, que já adquiriu 23.712 ingressos, até agora. Para avançar, a equipe por Levir Culpi precisará vencer por três gols de diferença. Alguém acredita?

Levir Culpi foi taxado de 'louco' quando passou a montar a equipe com apenas um volante de ofício. Mas o esquema deu certo e os resultados positivos apareceram. Nesta quarta-feira, no entanto, o treinador surpreendeu a todos ao colocar Pierre ao lado de Josué, deixando Luan no banco, para tentar melhorar a marcação. Só que a mudança não foi bem assimilada pelo time. Os vários erros de passe e falhas no combate deixaram isso claro.

O rubro-negro se aproveitava dos espaços deixados pelo sistema defensivo do Galo para criar boas situações de gol. Para a sorte do Atlético, Victor aparecia bem e evitava que os flamenguistas abrissem o placar. Do outro lado, Marcos Rocha foi o autor das melhores chances do time mineiro no primeiro tempo.

 Foto: reprodução/site oficial Flamengo

Na segunda etapa, a postura defensiva alvinegra continuou. E os erros também. Em alguns momentos, a fragilidade do Galo ficou evidente. O gol do Urubu era questão de tempo. E, para desespero da Massa, ele saiu. Aos 15 min, Cáceres cabeceou para as redes.

A fim de dar uma resposta imediata, Levir Culpi promoveu a entrada de Luan e Marion nas vagas de, respectivamente, Pierre e Carlos, revivendo o esquema com um volante. As modificações não surtiram efeito. E as coisas ficariam piores.

Aos 32 min, Josué fez uma falta à la futebol americano para parar Gabriel, dentro da área. Pênalti que Chicão converteu. A situação poderia ter sido menos ruim, se Dátolo não tivesse perdido um gol feito na pequena área. 

 

Fonte: O Tempo

 

 

 

quinta-feira, 30/10/2014

Colisão frontal entre ônibus e caminhão deixa quatro mortos e 17 feridos

[ad] Um acidente envolvendo um caminhão e um ônibus matou quatro pessoas e deixou outras 17 feridas na BR-365 em Montes Claros, no norte de Minas. A batida aconteceu por volta das 21h dessa quarta-feira, na altura do km 27 da rodovia. 

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o caminhão teria invadido a contramão e bateu de frente com o ônibus da empresa União que seguia de Pirapora para Montes Claros. Entre as vítimas estão o motorista do ônibus, além de uma criança, um homem e o condutor do caminhão.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o condutor do caminhão chegou a ser socorrida para a Santa Casa de Misericórdia do município, para onde foram levados outros nove feridos. A unidade de saúde informou que o condutor não resistiu aos ferimentos e faleceu durante a madrugada.  As demais vítimas foram encaminhadas ao Hospital Universitário. 

 Foto: reprodução/Record Minas

Por causa do acidente, a rodovia ficou interditada por aproximadamente cinco horas e foi liberada somente por volta de 2h15 desta quinta-feira. 

 

Fonte: R7 Minas

 

 

 

quinta-feira, 30/10/2014

Cruzeiro vence o Santos por 1 a 0 no Mineirão em semifinal da Copa do Brasil

[ad] Com boa atuação e gol do atacante Willian "Bigode", o Cruzeiro venceu o Santos por 1 a 0, no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. O placar poderia ter sido maior, se o árbitro carioca Marcelo de Lima Henrique não tivesse anulado um gol legal de Ricardo Goulart, no segundo tempo. Além disso, a Raposa criou chances e deu trabalho para o goleiro Aranha.

No fim, o placar mínimo, sem levar gol em casa, foi bom para o time cruzeirense, que avança para mais uma decisão de Copa do Brasil, caso o goleiro Fábio não seja batido na quarta-feira da semana que vem, na Vila Belmiro, em Santos. Se a equipe paulista vencer por 1 a 0, a decisão da vaga vai para os pênaltis. Qualquer derrota cruzeirense por um gol de diferença, desde que a Raposa balance as redes, classifica o time do técnico Marcelo Oliveira para a final.

WILLIAN COMEMORA

Logo aos 10 minutos de jogo, o Cruzeiro inaugurou o placar no Mineirão. Willian abriu espaço, chutou de perna direita e o zagueiro David Braz rebateu no pé do atacante. Com a perna esquerda, Willian finalizou no canto direito, de chapa, sem chances para Aranha.

 Foto: reprodução site oficial Cruzeiro E.C/Light Press

JOELHADA NA COSTELA

Dois minutos após marcar o gol, Willian acabou levando a pior em uma disputa de bola com o atacante Rildo, que acertou uma joelhada na costela do cruzeirense. O atacante recebeu atendimento no gramado e seguiu na partida, mesmo com dificuldades de respirar. No intervalo, foi avaliado pelo médico do clube e acabou retornando para a segunda etapa. Mas, aos 20 minutos do segundo tempo, não suportou mais e acabou substituído por Dagoberto.

MAL ANULADO!

Aos sete minutos do segundo tempo, Júlio Baptista, em condição legal, finalizou, e o goleiro Aranha espalmou. No rebote, Ricardo Goulart, que também não estava impedido, balançou a rede, mas a arbitragem parou a jogada, de forma equivocada. Cruzeiro prejudicado no Mineirão.

PRESSÃO NO FIM

Já nos acréscimos, aos 46 minutos, o Cruzeiro ainda tentava ampliar a vantagem. Mayke cruzou com perigo e Dagoberto finalizou bem, mas Cicinho salvou e evitou o segundo gol do Cruzeiro.

 

Fonte: Globoesporte

 

 

 

 

quinta-feira, 30/10/2014

Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprova alterações na Lei Antidrogas

[ad] A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nessa quarta-feira (29) o Projeto de Lei Complementar (PLC) 37/2013, que muda a Lei Antidrogas.

Um dos pontos principais da proposta torna clara a diferença entre usuário e traficante. Pelo texto, usuário é quem porta drogas em quantidade suficiente para consumir por até cinco dias. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ficará responsável por definir o volume da droga.

No texto, além de acatar sugestões de parlamentares, o relator da matéria, senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE) considerou sugestões dadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Uma delas foi levar em conta avanços no debate sobre a descriminalização do uso de drogas.

Em meio à polêmica discussão sobre o uso medicinal da maconha e aos apelos de dezenas de mães que têm conseguido progressos no tratamento dos filhos com o uso de medicamentos à base de canabidiol (substância encontrada na maconha), o relator inovou. Valadares permite a importação de derivados da maconha para uso medicinal. “Optamos por seguir a tendência que já vem sendo encampada pelo Judiciário, que é permitir a importação de canabinóides para uso medicinal, em casos específicos de certas doenças graves.”

A autorização da importação será dada a pacientes ou a seus representantes legais em caso de tratamento de doenças graves. A liberação, no entanto, ficará sujeita prescrição médica e  autorização da Anvisa.

Apesar de já ter sido aprovada na Câmara dos Deputados, a proposta ainda tem um longo caminho pela frente. Somente no Senado, o texto vai passar por mais quatro comissões: Educação, Cultura e Esporte; Assuntos Econômicos; Assuntos Sociais e Direitos Humanos.

 

Fonte: Agência Brasil

 

 

 

quinta-feira, 30/10/2014

Delatores de esquema criminoso na Petrobrás terão que devolver R$ 175 milhões

[ad] O doleiro Alberto Youssef deverá devolver aos cofres públicos R$ 55 milhões até o fim dos processos abertos contra ele a partir da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal. A devolução do dinheiro e dos bens obtidos de recursos ilícitos faz parte do acordo de delação premiada que o doleiro firmou em troca de redução substancial das penas de prisão a que poderia ser condenado por desvios de verbas da Petrobras e de outras áreas da administração pública. Na quarta-feira (29), Youssef recebeu alta do hospital em Curitiba onde estava internado desde sábado e voltou para a prisão.

Até o momento, réus que decidiram colaborar com as investigações da Lava-Jato já se comprometeram a devolver aproximadamente R$ 175 milhões. O primeiro da fila da delação premiada, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa, que confessou participar de um esquema de corrupção que envolvia políticos de PT, PMDB e PP, deverá devolver mais de R$ 70 milhões. Entre os valores a serem entregues por Costa estão US$ 23 milhões que ele teria recebido da Odebrecht, uma das empreiteiras com grandes contratos com a Petrobrás. O dinheiro está bloqueado em contas bancárias na Suíça, e sua devolução aos cofres públicos depende apenas de medidas burocráticas.

Volume expressivo de dinheiro deve ser devolvido também por outros colaboradores, entre eles o executivo Júlio Camargo, da Toyo Setal, que também decidiu fazer acordo de delação premiada. Os valores que ele teria de devolver estariam em torno de R$ 40 milhões. Os recursos a serem recuperados até o fim do processo devem aumentar ainda mais caso algumas empreiteiras confirmem a intenção de fazer acordo de leniência. Emissários de empresas já fizeram sondagens sobre possível acordo logo na primeira fase das investigações, mas ainda não há decisão sobre isso.

Para o Ministério Público, novos acordos só deverão ser assinados em bases ainda mais duras.

— Não dá para fazer acordo de leniência com todas as empresas. Tem que ser acordos individuais com condições específicas — disse uma autoridade que acompanha o caso de perto.

As exigências do Ministério Público Federal para eventuais colaborações das empreiteiras seguirão parâmetros adotados em processos judiciais americanos. As empresas teriam que abrir mão dos lucros obtidos em contratos espúrios. Teriam ainda que pagar multa por danos morais. Em caso de não colaboração, as punições poderão ser ainda mais rigorosas. O Ministério Público deverá pedir pena de prisão de dirigentes envolvidos nas negociatas denunciadas por Costa e Youssef, além da proibição da contratação pelo serviço público.

No material em poder da PF e do MP constam contratos de falsa prestação de serviços, e os depoimentos de Costa, Youssef e outros integrantes da organização do doleiro que teriam participado das supostas fraudes. Entre os documentos aparecem ainda extratos de contas no exterior e detalhados relatos sobre a remessa de recursos ilegais para beneficiários do esquema em outros países.

Petrobrás quer ouvir Costa

A Petrobrás quer ouvir o ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa nas investigações internas abertas para apurar irregularidades nas obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, e do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro, o Comperj. O pedido foi encaminhado ontem à Justiça Federal do Paraná, uma vez que Costa cumpre prisão domiciliar depois de ter sido beneficiado pela delação premiada negociada com o Ministério Público Federal. A estatal pede que Costa responda por escrito a 19 quesitos, na maioria relacionados a negócios da diretoria de Abastecimento.

A comissão interna da estatal quer saber quais assuntos foram tratados em reuniões feitas em Brasília, no início de 2006, às vésperas da aprovação do projeto Abreu e Lima, das quais participaram Costa, Renato Duque e o ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli. Outra pergunta é sobre as razões de ter sido aumentado o valor do projeto, revisado para US$ 4 bilhões em dezembro de 2006.

O relator da CPI mista da Petrobras, Marco Maia (PT-RS), disse ontem que quebrar sigilos de empreiteiras envolvidas nas denúncias de Costa e Youssef pode não contribuir para o andamento da investigação no Congresso. Os integrantes da CPI chegaram a um acordo para prorrogar os trabalhos até 21 de dezembro, mas não há entendimento sobre novos requerimentos de acesso a dados sigilosos nem convocações.

— Aprovar quebras de sigilo pode ser inócuo. Não acho necessidade de novas quebras neste momento — afirmou. — Quebrar sigilo de empreiteiras de forma genérica talvez não contribua para o processo investigatório porque são informações generalizadas. São seis meses para chegarem os dados e uma loucura para analisar tudo — reiterou. 

 

Fonte: MSN/Agência O Globo

 

 



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2014 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço