carros

Crie ou Acesse seu email


quarta-feira, 28/01/2015

Caminhão cai em ribanceira e mata duas pessoas em mais um acidente na BR-381

[ad]Mais um trágico acidente foi registrado na BR-381. Duas pessoas morreram e uma criança de 13 anos ficou gravemente ferida em um acidente no Km 344, em Bela Vista de Minas. A fatalidade aconteceu na tarde dessa terça-feira, 27 de janeiro.

As vítimas viajavam em um caminhão Volvo sentido Belo Horizonte. O veículo tinha placa de de Altinópolis/SP. O motorista, José Roberto Masson, 59, teria pedido o controle da direção e caido em uma canaleta às margens da rodovia. O veículo despencou em uma ribanceira com cerca de 40 metros de altura.

Foram encontradas marcas de pneus do veículo de aproximadamente 50 metros na pista. O veículo capotou várias vezes até parar com as rodas para cima, em meio a um matagal. O caminhoneiro ficou preso às ferragens do veículo e não resistiu aos ferimentos, morrendo no local.

Lúcia Helena, de 57 anos, foi arremessada para fora do veículo. Um enorme tronco de uma árvore, que foi derrubada pela carreta quando caia ribanceira abaixo, foi lançado sobre o corpo da mulher que morreu no local. Um menino de 13 anos, neto do casal, ficou gravemente ferido e levado ao Hospital Margarida, em João Monlevade pelo Serviço Voluntário de Resgate (Sevor).

BELL SILVA/OPOPULARJM

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi ao local e, em meio aos pertences das vítimas, encontrou uma bolsa com várias peças de roupas de bebê, o que levou os policiais a suspeitarem que poderia haver uma quarta vítima. Como no local havia um matagal e a suposta criança poderia ter sido arremessada para fora do veículo, um cão farejador do Sistema Prisional do Presídio de João Monlevade, foi acionado para fazer uma busca, mas nenhum corpo foi encontrado.

Os corpos das vítimas foi liberado pelo perito Célio Augusto de Lima, da Polícia Civil de João Monlevade. A suspeita é de que o veículo estava em alta velocidade no momento do acidente. O disco to tacógrafo foi recolhido pelo perito e será analisado.

O Popular- DeFato

quarta-feira, 28/01/2015

Registros de crimes sexuais contra crianças e adolescentes cresce 44% em Ipatinga

[ad] De acordo com informações da Câmara de Ipatinga, dados levantados pela 12ª Regional de Polícia Militar apontam que em Ipatinga, o número de crimes sexuais registrados contra crianças e adolescentes cresceu 44% no ano passado, em comparação ao ano de 2013.

Segundo a presidente da Regional I do Conselho Tutelar do Município, Marli Augusta da Silva Andrade, isso não significa que o número de casos tenha crescido e, sim, que as vítimas, com mais informação, estão tendo mais coragem para denunciar.
 
De acordo com ela, aproximadamente 3% dos atendimentos mensais feitos na Regional 1, passaram a ser relativos a denúncias de suspeita de pedofilia. “O que a gente vê é que os pais estão ficando mais atentos ao comportamento dos filhos. Isso graças ao trabalho de conscientização que vem sendo realizado junto à comunidade ipatinguense”, pontua Marli, reforçando sua percepção de resultados das campanhas. “Percebemos um aumento das denúncias com uma campanha iniciada em 2013. Hoje as queixas de pedofilia figuram em sexto lugar na nossa lista de denúncias e encaminhamentos”, disse ela.

Membro da Comissão de Educação em Ipatinga, o vereador Ademir Cláudio (DEM) reforçou que o trabalho não encerrará por aqui. “Queremos que a informação se multiplique para que as pessoas saibam dos seus direitos e a quem recorrer quando necessário. Em 2013 e 2014, fizemos audiências públicas e divulgamos amplamente o Disque 100. Vários estabelecimentos comerciais aderiram à campanha”, contou o vereador, para continuar: ”Fico feliz em saber que a nossa iniciativa trouxe um resultado tão positivo. Para 2015, pretendemos intensificar ainda mais campanha e já temos total apoio da Câmara de Ipatinga, que emitirá todos os documentos com o selo “Ipatinga Contra Pedofilia”. Esse selo também poderá ser usado por empresas e instituições que aderirem à essa causa tão nobre”, destacou o vereador.

70% dos casos de abuso sexual acontecem dentro de casa

Muitos pais temem que o filho seja abordado por um estranho na rua e sofra algum tipo de abuso sexual. No entanto, pesquisas disponíveis no Observatório Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente apontam que, em 90% dos casos de pedofilia registrados no Brasil, o agressor é um conhecido da família, podendo ser inclusive mãe ou pai da vítima, sendo que 70% dos abusos sexuais aconteceram dentro da casa da vítima. Acredita-se que, para cada caso denunciado, existam 20 casos omissos. Há levantamentos ainda que 80% das pessoas exploradas sexualmente sofreram algum tipo de abuso sexual quando crianças.

Em 2014, a Polícia Rodoviária Federal mapeou 1969 pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais. De acordo com a publicação, Minas Gerais é o estado que concentra a maior quantidade de pontos vulneráveis, com 252, seguido por Pará, com 208; Goiás, com 168; Santa Catarina, com 113; e Mato Grosso, com 112.
 
Até novembro de 2014, o Disque 100 recebeu e encaminhou 88.091 denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Deste total, 25% informam casos de violência sexual, sendo 84% direcionadas ao contexto de abuso sexual e 24% de exploração sexual.

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Computador causa cansaço e ressecamento nos olhos

[ad] Parado na frente do computador do trabalho, o empresário Guilherme Barreto, 26, começou a sentir os olhos arderem e ficarem vermelhos. Também notou a visão um pouco embaçada, mas achou que fosse por conta de seu astigmatismo.

Na verdade, ele estava sentindo os sintomas da fadiga ocular, ou síndrome da visão no computador (CVS, sigla do inglês “Computer Vision Syndrome”). O mal, segundo pesquisa do Instituto Penido Burnier, de Campinas, em São Paulo, atinge 75% da população do Brasil.

“Já havia sentido isso quando era adolescente e jogava muito videogame. Por instinto, eu dava uma pausa nos jogos, e o incômodo parava. Depois, voltei a sentir de novo, em junho do ano passado, quando trabalhava muito na frente do computador”, conta Barreto.

A CVS é um problema causado por longos períodos de atividade ocular intensa, com sintomas como dor de cabeça, olhos vermelhos, ardência e visão turva. Exemplos bem comuns de causas são trabalho na frente do computador, videogame, leitura, horas na frente da TV.

Nessas situações, piscamos menos e os olhos ficam ressecados. “A retina é lubrificada por uma fina camada de lágrima, o filme lacrimal. Ele faz com que a córnea se torne uma lente de boa qualidade”, explica o oftalmologista Joel Edmur Boteon, professor do Departamento de Oftalmologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É esse ressecamento da córnea que causa a sensação de ardência, de “areia nos olhos” e a visão turva.

Cansaço. A atividade ocular intensa também causa cansaço nos músculos dos olhos. “Quando estamos olhando para um objeto que está perto, usamos a musculatura interior do olho – músculo ciliado. A contração desse músculo faz com que enxerguemos de perto. Como ficamos forçando muito tempo para ver de perto, ele fica em trabalho contínuo. E, como qualquer músculo, quanto mais é usado, mais se cansa”, explica o professor.

 Foto: arquivo pessoal

Para ver de perto também contraímos o esfíncter da pupila, que dilata ou contrai a íris. Mais um músculo que ficará em atividade intensa e causará a sensação de cansaço nos olhos.

Astigmatismo (visão borrada), hipermetropia (dificuldade para ver de perto), lentes de contato e ambiente com ar-condicionado são fatores que agravam os sintomas.

Tratamento. A CVS não está relacionada a nenhuma outra doença ou outros problemas dos olhos. Mas o desconforto pode ser grande, ainda mais para quem chega a trabalhar até nove ou dez horas diante do computador.

Cuidar do mal, no entanto, é relativamente simples. “Trabalhar por cerca de 50 minutos, levantar, olhar em outra distância focal, causar piscação forçada são medidas que se deve ter para uma boa saúde ocular”, orienta o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier. Em alguns casos, pode ser recomendável o uso de um colírio de lágrima artificial.

 

Fonte: O Tempo

 

 

 

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Comandante norte-americano fala sobre "grande esforço internacional” contra Boko Haram

[ad] O comandante das forças militares norte-americanas na África, general David Rodriguez, considerou, nessa terça-feira (27), em Washington, que vai ser preciso “um grande esforço internacional” para lutar contra o grupo terrorista nigeriano Boko Haram.

“Penso que vai ser preciso um grande esforço internacional e multinacional para mudar uma situação, que continua a evoluir para uma direção ruim”, afirmou o general Rodriguez, mencionando em particular o número crescente de pessoas deslocadas.

“O governo da Nigéria e os militares nigerianos vão ter de melhorar verdadeiramente suas capacidades para responder [ao Boko Haram] e vão precisar de ajuda”, acrescentou o chefe militar. “Espero que nos deixem ajudá-los cada vez mais.”

Desde o fim de 2014, as relações entre norte-americanos e nigerianos se deterioraram. Em dezembro, a Nigéria interrompeu a formação pelos Estados Unidos de um batalhão para combater o Boko Haram.

A Embaixada da Nigéria nos Estados Unidos criticou recentemente a recusa dos norte-americanos em vender armas ao seu país. A resposta dos militares nigerianos à crise “não funcionou muito eficazmente” e em alguns casos “agravou” mesmo a situação, disse Rodriguez.

Os Estados Unidos trabalham com a Nigéria para ajudar na construção de uma estratégia “completa, não apenas militar”, que inclua também “a economia, a educação, os cuidados médicos”, acrescentou.

 

Fonte: Agência Brasil

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Campanha de incentivo para aleitamento materno em Ipatinga

IPATINGA - O leite materno tem tudo o que uma criança precisa até os seis meses, inclusive água. Protege contra doenças graves, como diarreia, alergias e infecções respiratórias, ajuda a diminuir as cólicas e promove o bom desenvolvimento mandibular (fala e dentição). Também é capaz de reduzir em 13% as mortes por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos, como apontam estudos recentes. O aleitamento também fortalece os laços afetivos entre a mãe e o bebê.

A lista de benefícios é extensa, tanto para quem amamenta quanto para quem recebe. Para incentivar o aleitamento materno, a Prefeitura de Ipatinga investe na atualização dos profissionais de todas as 20 Unidades Básicas de Saúde (UBS). Desde maio do ano passado, pelo menos 300 profissionais, entre médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos de enfermagem, técnicos de higiene bucal, administrativos e auxiliares de serviços, já foram capacitados em nove UBS do município. A proposta é criar uma rede para auxiliar as mulheres com dúvidas e problemas na amamentação.

As oficinas integram a “Estratégia Rede Amamenta Alimenta”, de iniciativa do governo federal, em implantação com a parceria da Prefeitura no município. A nutricionista e referência técnica do Núcleo de Apoio da Saúde da Família (NASF) de Ipatinga, Naiara Rochele, destaca que o programa federal abrange ações de planejamento, apoio e incentivo à alimentação saudável complementar – dos seis meses aos dois anos – e na infância, conforme a realidade local.

“A Rede Amamenta Alimenta é trabalhada de forma integrada e complementar aos demais programas já ofertados pela Atenção Básica, como a Saúde da Criança. É importante que as informações envolvam a todos, do porteiro ao médico e enfermeiro, para apoiar e orientar as gestantes e seus familiares sobre a importância da amamentação para o desenvolvimento da criança”, pontua Naiara Rochele.

 Foto: PMI

Em Ipatinga, onde a média anual é de 3,3 mil gestantes atendidas na rede pública, o calendário de reuniões segue até junho nas unidades de saúde ainda não contempladas pela capacitação, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde. A próxima oficina será realizada na Unidade Básica de Saúde do Barra Alegre, no dia 25 de fevereiro.

Apoio integral

O pré-natal é oferecido gratuitamente nas 20 Unidades Básicas de Saúde que funcionam no município. A rede municipal de saúde garante o mínimo de sete consultas (pré-natal e puerpério), exames e vacinas da puérpera e do recém-nascido, e assistência até o segundo ano do filho. Além disso, a gestante pode participar de grupos de orientação e apoio ao aleitamento materno, saúde da mulher e da criança e tem acesso aos serviços dos programas Mães de Minas (Estado) e Rede Cegonha (Federal).

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Prefeitura de Ipatinga realiza obras em estradas do Ipanemão e Tribuna

[ad] IPATINGA - A Prefeitura de Ipatinga informou que com as obras adiantadas em trechos íngremes da estrada do Ipaneminha, totalizando um quilômetro de extensão, já prepara o terreno para novas intervenções nas vias de acesso ao Ipanemão e Tribuna.

A programação segue o cronograma de investimentos indicados pela população para a zona rural do município, durante o Congresso Municipal de Prioridades Orçamentárias (Compor), com objetivo de garantir melhorias de infraestrutura, acessibilidade e qualidade de vida.
A Prefeitura está providenciando, inicialmente, a colocação de manilhas às margens da via, para formação da rede pluvial. Em seguida, serão realizados os serviços de nivelamento do piso e pavimentação de trechos mais íngremes e sinuosos. “Tenho certeza de que o trabalho da Prefeitura de Ipatinga vai resultar numa estrada muito mais segura para todos”, avaliou Taidson Alves.

Na estrada do Tribuna, o trabalho começa com os serviços de medições topográficas e demarcação de pontos estratégicos. O total de investimentos em infraestrutura previstos para a zona rural de Ipatinga está acima de R$ 2 milhões, e as obras foram aprovadas no Compor. Na programação constam intervenções nas estradas do Ipaneminha, Ipanemão, Morro Escuro e Tribuna, e também algumas ruas dessas comunidades. Com isso, o planejamento da Prefeitura é garantir mais segurança, além de melhorar o escoamento da produção agrícola e incentivar o turismo rural como alternativa econômica.

 Foto: PMI

 

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Prefeito de Mesquita é o novo presidente da AMVA

[ad]O prefeito de Mesquita, José Fábio Oliveira Gonçalves, o “Fabinho” (PDT), é o novo presidente da Associação dos Municípios da Microrregião do Vale do Aço (AMVA). Eleito por aclamação na assembleia ordinária realizada na tarde dessa segunda-feira (26), na sede da associação, no bairro Horto, em Ipatinga, ele substitui o prefeito de Periquito, Geraldo Godoy (PMDB) no comando da associação.

Fabinho (3º da esq para a dir) e os demais integrantes da diretoria da AMVA para o biênio 2015/2016/ Foto: divulgação

Ao abrir a assembleia, Geraldo Godoy fez um balanço “muito positivo” de sua gestão e enfatizou a regularização fiscal e estabilização financeira da entidade. “Confesso que entrei com uma vontade muito grande de desenvolver vários projetos, mas tive que focar nos problemas financeiros pelos quais passavam a entidade. Foram dois anos acertando ponteiros e hoje, graças a Deus, a AMVA está saneada, com todas as certidões negativas, as contas em dia e em condições de caminhar de cabeça erguida como grande entidade que sempre foi”, comemorou.

Pioneirismo

Para o prefeito Pietro, ex-presidente da entidade no biênio 2005/2006, o trabalho realizado por Geraldo Godoy é “digno de registro e exaltação”. Disse acreditar muito na capacidade administrativa do novo presidente. “A gente tem acompanhado o trabalho do Fabinho em Mesquita e sabemos que ele tem condições de fazer bonito também na AMVA. Somos a entidade pioneira em Minas Gerais e quero pedir a união de todos os prefeitos para fazer valer os interesses maiores da nossa região”, conclamou.

Além de Fabinho, que também preside o Consórcio Multifinalitário do Vale do Aço (CIMVA), compõem a direção da entidade os seguintes prefeitos: José Carlos de Assis, 1º Vice-Presidente (Antônio Dias) e Edson Rogério da Silva, 2º Vice-Presidente 

quarta-feira, 28/01/2015

Jovens usam anestésico para cavalo como droga

[ad] A quetamina, Special K ou, simplesmente, “K” - medicamento veterinário usado para fins anestésicos, com efeito hipnótico - não é uma substância recém-descoberta. Em 2001, a banda inglesa Placebo já comparava o uso da droga por humanos a uma decepção amorosa em sua canção "Special K", descrevendo a impotência do usuário diante da ação da substância: “Estou na areia movediça. Gravidade. Sem escapatória, gravidade”. Embora popular nas raves da Europa, o uso da droga sintética é um fenômeno recente no Brasil - e já levanta um alerta sobre a recente onda de consumo entre os jovens do Recife.

Em conversa com o NE10, duas pessoas que já utilizaram o medicamento como droga recreativa declararam que, entre outros efeitos, a quetamina proporciona a sensação de perda de controle do próprio corpo. A venda ilegal da substância - capaz de anestesiar quatro cavalos com apenas um vidro - culminou na prisão do veterinário Alberto da Costa Campos Neto, de 44 anos, detido em um estacionamento na Avenida Rosa e Silva, Zona Norte do Recife, na última sexta-feira (23).

O veterinário foi abordado e detido ao tentar repassar mais de 400 comprimidos do anestésico. De acordo com o gestor do Departamento de Repreensão ao Narcotráfico (Denarc), Leonardo Freire, o suspeito já teria dado indícios de que estava em posse de drogas e a polícia já tinha algumas informações, bem como suas características. “Durante a abordagem dos policiais ele já foi mostrando a substância e informando que se tratava de ecstasy.

No departamento, fizemos alguns exames com a perícia e foi identificada a substância quetamina, que ele só deveria vender sob retenção de receita. Por este motivo, ele foi autuado por tráfico de entorpecentes”, contou. De acordo com Leonardo, a substância, vendida originalmente em forma líquida, foi apreendida pela primeira vez em Pernambuco sob a forma de comprimidos. O caso só foi divulgado pela polícia na manhã desta terça (27). Campos Neto foi encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima.

“Na realidade, como toda substância farmacêutica, essa droga purificada se apresenta como um pó branco. Ele possivelmente utilizou-se desse pó branco, empregando os conhecimentos que tem - por ser veterinário e ter a possibilidade de adquirir a droga legalmente -, aglutinou mais algumas substâncias, colocou um corante, prensou em uma prensa para comprimidos artesanal e estava repassando como ecstasy”, explicou o perito criminal Adenaule Geber de Melo.

Embora o gestor da Denarc acredite que a droga viesse a ser comercializada em raves, camarotes e festas durante o Carnaval, uma das fontes, que pediu para não ser identificada, garantiu que a quetamina está sendo utilizada como droga recreativa em qualquer circunstância: “Não existe um motivo para usar, eles usam até em casa, quando não estão fazendo nada”, contou a personagem do vídeo desta reportagem.

Nossa equipe tentou comprar a quetamina em pet shops e lojas veterinárias na Avenida Caxangá, na Zona Oeste da capital pernambucana, porém, os estabelecimentos que trabalhavam com a droga alegaram que não a venderiam sem prescrição médica.

SINTOMAS - Diferente do ecstasy, o “K” é um anestésico e não causa o mesmo efeito de excitação, mas sim de depressão. Ambas produzem alucinações, que é o efeito procurado entre os usuários. “Essa alucinação pode ser auditiva, ou seja, você escutar sons que não existem; táteis, promovendo sensações que não existem na pele; ou visuais, provocando visões que não são reais e que podem até desencadear um acidente”, expôs Adenaule. A quetamina induz um estado psicótico que se assemelha a casos de esquizofrenia. O perito alerta que muitos usuários utilizam a substância unicamente para “desfrutar” dos efeitos alucinógenos. No entanto, a droga, bastante potente, causa depressão profunda e pode provocar coma ou, até mesmo, a morte do indivíduo por parada cardíaca ou respiratória.

TRÁFICO - Uma das formas mais comuns de comercialização da droga em Pernambuco é feita pelos próprios usuários. “Um compra a ampola em uma clínica veterinária, prepara, e aí eles vão distribuindo entre si”, contou uma fonte. De acordo com o gestor da Denarc, o comércio ilícito da droga é considerado tráfico de entorpecentes e está previsto na lei 11.343 art. 33, podendo gerar uma pena de 5 a 15 anos de prisão. “Uma pessoa pode ser presa em flagrante repassando a droga, mesmo que de forma gratuita”, complementa Leonardo. Para denunciar a venda ilegal da substância, ele orienta ligar para o Denarc, através do número 3184.3402.

 

Fonte: UOL/NE10

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Bandido morre durante troca de tiros com policiais militares na BR-381

[ad] Um assaltante foi morto na madrugada desta quarta-feira (28) após roubar um carro e trocar tiros com militares do 39º Batalhão da PM (Polícia Militar) na BR-381 em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Um comparsa foi preso durante a ação. 

Conforme a PM, a dupla teria abordado um rapaz que saía de uma academia no bairro Flamengo. Segundo a vítima, ambos estavam armados e anunciaram o roubo, levando o veículo e fugindo em direção à rodovia. O crime foi testemunhado por um militar à paisana que acionou o centro de operações da PM e repassou as coordenadas do veículo para os militares. 

Com as informações, os policiais montaram uma operação de cerco e bloqueio na rodovia. No entanto, os suspeitos estariam em alta velocidade e conseguiram romper dois níveis do bloqueio, vindo a perder o controle do veículo durante a fuga e a rodar na pista. Em seguida eles teriam desembarcado e disparado vários tiros contra os militares, que revidaram os disparos. 

Após a troca de tiros, um dos suspeitos caiu na rodovia, enquanto outro pulou a mureta central e tentou fugir a pé, mas acabou capturado. O primeiro não estava com documentos e foi identificado pelo comparsa apenas como "Branco". Ele foi baleado e chegou a ser socorrido para a UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) Teresópolis, mas não resistiu aos ferimentos. 

Emerson Semião de Araújo, de 25 anos, foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Betim. A arma utilizada por ele não foi localizada, mas o revólver calibre 38 que estava com "Branco" foi apreendido. O militar que efetuou os disparos que mataram o assaltante também teve sua arma recolhida.

 

Fonte: R7 Minas

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Policial militar é encontrado morto na BR-040 após troca de tiros com bandido

[ad] Um militar foi encontrado morto na noite dessa terça-feira (27) às margens da BR-040 em Itabirito, na região central de Minas Gerais.

Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o soldado Maicom Gomes da Silva Santos estava em uma motocicleta e foi achado caído na altura do km 590 da rodovia. A principal suspeita é de que ele tenha sido vítima de latrocínio.

Conforme a PM (Polícia Militar), o soldado estaria voltando para casa em uma motocicleta quando foi abordado por dois bandidos armados. Eles teriam trocado tiros na rodovia e o militar não resistiu.

Os bandidos fugiram sem levar a moto do policial, mas um deles acabou detido após dar entrada em um hospital de Itabirito atingido por um disparo na região da barriga.

Foto: reprodução/PM
Após ser atendido na unidade, Paulo Henrique Jardim precisou ser transferido para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, e confessou o crime. Ele disse que teria disparado três tiros contra o soldado, mas negou que tenha sido latrocínio. Segundo ele, o tiroteio aconteceu durante uma briga de trânsito entre a dupla e a vítima.

Ele afirmou ainda que estaria com um comparsa, um adolescente de 17 anos, no momento do crime. A PM montou uma operação para tentar localizar o menor, mas até o momento ele não foi apreendido. A arma do militar desapareceu após a troca de tiros e o revólver calibre 38 utilizado pelo suspeito também não foi encontrado já que ele teria dispensado a arma em um matagal.

Maicom Gomes da Silva Santos estava lotado no Batalhão de Choque da PM e estaria na corporação há quatro anos. Já o suspeito preso tinha passagem pela polícia por assassinato e roubo. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

Fonte: R7 Minas

 

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Ministério da Justiça pede sugestões sobre proteção de dados na internet

[ad] O Ministério da Justiça inicia nesta quarta-feira (28) uma série de debates na busca de colaboração da sociedade para elaborar dois documentos relativos ao uso da internet e à proteção de dados do cidadão. Um visa a consubstanciar a minuta de decreto presidencial que vai regulamentar o Marco Civil da Internet, sancionado em abril de 2014; e o outro subsidiará o anteprojeto de lei de proteção de dados pessoais. As sugestões podem ser apresentadas no prazo de 30 dias por meio do portal do ministério, nos endereços www.marcocivil.mj.gov.br e www.dadospessoais.gov.br.

Dos dois temas, apenas o relativo à proteção de dados já tem um texto-base, a ser disponibilizado amanhã no site, para fins de debate. O anteprojeto tem por objetivo assegurar ao cidadão uma série de direitos básicos sobre seus dados pessoais, armazenados em território nacional ou em centrais fora do país, dando a ele controle sobre suas informações pessoais, usadas por organizações, empresas ou governo. Aborda também questões relativas a vazamento e uso compartilhado de dados, além da responsabilidade daqueles que lidam com essas informações.

No caso do texto destinado à regulamentação do Marco Civil, as sugestões serão apresentadas tendo como referência quatro eixos. O primeiro diz respeito à neutralidade da rede, segundo a qual os pacotes de dados seriam tratados de maneira isonômica, de forma a garantir tratamento sem distinção de conteúdo, origem, destino ou serviço. O segundo eixo se refere à guarda de registros de conexão, de responsabilidade das operadoras.

Segundo o secretário de Assuntos Legislativos do ministério, Gabriel de Carvalho Sampaio, este eixo terá duas vertentes: uma relativa à conexão (protocolo de acesso), mantido pelo prazo de um ano, pelos provedores; e outra relativa a aplicações, que são armazenadas por seis meses pelos provedores. “São prazos distintos, destinados à guarda de registros a serem armazenados pelo provedor para garantir a segurança e o sigilo [da informação]. Esses dados só poderão ser acessados a pedido judicial”, disse o secretário.

O terceiro eixo de regulamentação do Marco Civil receberá sugestões relativas à questão da privacidade. “Este é um eixo transversal em relação ao tema. Nossa preocupação é que o usuário tenha seus direitos preservados no uso da internet, de forma a preservar sua intimidade”, acrescentou Sampaio. O quarto eixo é mais genérico, dedicado aos demais temas relacionados à regulamentação.

 

Fonte: Agência Brasil

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Dilma homenageia vítimas do Holocausto e condena intolerância

[ad] BRASIL - No Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, o governo brasileiro prestou homenagens aos cerca de seis milhões de judeus mortos em campos de extermínio. A presidenta Dilma Rousseff condenou todas as formas de intolerância, discriminação, perseguição e violência por motivos de origem étnica ou crença religiosa.

A data relembra o dia em que foi libertado, há 70 anos, o campo de extermínio dos nazistas na Polônia. Em nota à imprensa, Dilma disse que "relembrar os horrores do Holocausto é necessário para que eles jamais se repitam” e nunca sejam esquecidos.

O Ministério das Relações Exteriores também divulgou nota homenageando os “brasileiros que salvaram vidas humanas naquele triste momento da história, como Luiz Martins de Souza Dantas e Aracy de Carvalho Guimarães Rosa”.

“O povo brasileiro é uma mistura de pessoas e raças das mais diferentes origens. Um povo que se orgulha de viver harmoniosamente e que, a cada dia, busca fortalecer o respeito à diversidade, à tolerância e à solidariedade”, escreveu Dilma Rousseff.

“Em momento de manifestações crescentes de antissemitismo, islamofobia, xenofobia e demais formas de intolerância em diversas partes do mundo, o compromisso de cada país, individualmente, e o contínuo aprimoramento dos instrumentos de proteção dos direitos humanos são fundamentais para assegurar o fim de todas as formas de discriminação”, disse também o Itamaraty.

 

Fonte: Agência Brasil

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Empresa lança relógio com chaves de fenda

[ad] A empresa Leatherman, marca norte-americana de ferramentas, facas e lanternas, acaba de lançar em seu site oficial o novo (e inusitado) projeto da empresa: o Leatherman Tread, relógio de pulso que, quando desmontado, pode ser usado como chaves de caixa, chaves de fenda e outros utensílios semelhantes.

De acordo com as explicações da companhia, ele funciona da seguinte forma: o objeto é composto por mini-peças de aço inoxidável (todas de material forte e resistente à corrosão) que têm a função, cada uma, de duas ou três ferramentas. No total, uma pulseira acumula 25 recursos.

Uma versão em bracelete do produto chegará ao mercado neste verão. A versão relógio, por sua vez, no próximo outono.

"A ideia veio de uma viagem à Disney com minha família. Eu fui parado no portão por um segurança por carregar uma faca, mas era apenas um canivete. Eu não estava disposto a desistir dele, então voltei para o quarto do hotel. Sabia que deveria existir outra maneira de carregar minhas ferramentas que fosse aceito pelo segurança", disse o presidente da Leatherman, Ben Rivera. Quando ele voltou do passeio, começou a trabalhar no projeto.

 Foto: divulgação

 

Fonte: Terra

 

 

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Campanha mostra que vida saudável pode combater o câncer

BRASIL - A partir desta quarta-feira (28), a Fundação do Câncer desenvolve no Brasil campanha mundial com alertas que podem ajudar a combater um terço dos casos da doença. O movimento, que vai ocorrer nas redes sociais, tem como tema “Está ao nosso alcance”. Ele precede o Dia Mundial de Combate ao Câncer, lembrado em 4 de fevereiro.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer, 576 mil brasileiros descobriram estar com a doença em 2015.

Segundo Celso Rotstein, oncologista consultor da Fundação do Câncer, a doença é um fenômeno complexo causado pela junção de diversos fatores, inclusive genéticos, mas as pessoas podem fazer muito para evitá-la. Entre esses fatores estão o tabagismo, a obesidade e o sedentarismo, que podem ser contornados por cada um.

Criada pela União Internacional de Controle do Câncer, a campanha vai ressaltar que pelo menos um terço dos casos mais comuns da doença pode ser prevenido por meio da redução do consumo de álcool, de dietas mais saudáveis e do aumento da atividade física. O índice de cânceres que podem ser prevenidos ao parar de fumar chega a 50%.

Rotstein conta que estudos já relacionam o consumo de gordura, por exemplo, em carnes e frituras aos cânceres de próstata, do reto e do intestino. Também existe a relação entre o câncer de mama e a obesidade.

Até o dia 4 de fevereiro, a  página da fundação no Facebook vai publicar informações para estimular uma vida saudável, a detecção precoce da doença, o alcance do tratamento para todos e a potencialização da qualidade de vida.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que, no mundo, 22 milhões de pessoas deverão descobrir que têm câncer em 2022 – quase o dobro dos 14,1 milhões diagnosticados em 2012. As mortes, que chegam a 8,2 milhões por ano, devem subir para 13 milhões. A OMS prevê ainda que as nações em desenvolvimento, incluindo o Brasil, serão as mais afetadas.

 

Fonte: Agência Brasil 

 

 

 

quarta-feira, 28/01/2015

Carro bate de frente com caminhão e motorista morre no local

[ad]O motorista do automóvel Ford/Ecosport, placas NFN-3697, de Betim, morreu na manhã desta terça-feira (27), em um acidente na rodovia BR-381.

Por volta das 7h40, o carro bateu de frente com um caminhão baú, que seguia em sentido contrário, no trecho conhecido como Prainha, em Nova Era.

O motorista morreu no local.



Segundo uma testemunha, três passageiros do Ford/Ecosport ficaram presos nas ferragens. Membros do Grupo de Atendimento Voluntário de Emergência (GAVE), de Nova Era, e do Sevor de João Monlevade participaram do salvamento. Os feridos foram levados para o Hospital Margarida, em Monlevade.

O condutor do caminhão foi socorrido com ferimentos leves.

 



Política de Privacidade | Entre em contato
© 2008-2015 plox.com.br Todos os direitos reservados. Primeiro portal de notícias e entretenimento do Vale do Aço