Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem é morto a tiros em praça do Vale do Aço

    Os autores foram encontrados e presos pela polícia

    Por Plox

    01/01/2022 15h31 - Atualizado há 24 dias

    Um homem, de 27 anos, foi morto a tiros na madrugada deste sábado dia (1º) em uma praça. A vítima foi atingida por disparos na cabeça, pescoço, tórax e mão. O fato aconteceu em uma praça da rua Um, no bairro Industrial, em Santana do Paraíso, Minas Gerais. Os supostos autores foram encontrados e presos.

    Segundo as informações,  Maxwel Germano Sales, de 27 anos, estava na praça com seu irmão e, ao ficar sozinho, um carro Gol, passou e realizou os disparos de arma de fogo em sua direção. O irmão de Maxwel retornou ao local, mas já o encontrou caído e sem sinais vitais.

    A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar no local, conseguiu informações sobre a placa do carro usado no crime. Em seguida, foram iniciadas buscas para tentar localizar os autores. No primeiro endereço, ninguém foi encontrado, apenas foram vistas marcas de sangue no chão, referentes a um dos autores que levou um tiro no pé.

    Depois de alguns levantamentos, os militares chegaram a um novo endereço e encontraram os autores. Entre eles, estava o dono do carro que, segundo o pai de Maxwel, teria se desentendido com seu filho e passou a ameaçá-lo de morte. 

     

    Foto: Reprodução/ Google Street View

     

     De posse dessa informação e com o apoio de viaturas de Ipatinga, o veículo usado na fuga foi localizado na garagem da residência e os militares montaram um cerco em volta do local e, ao perceberem a movimentação dos policiais, os quatro autores que estavam no interior da residência saíram correndo pelos fundos, se escondendo em um matagal. 

    Um dos autores, de 19 anos, foi preso na rua Amós, depois de pular alguns lotes e casas. Após algum tempo, outros dois foram capturados, entre eles um menor de idade, de 15 anos. E depois de um longo período de buscas pelo matagal, o último também foi encontrado e capturado. 

    De acordo com a polícia, o principal suspeito do crime disse não ter participado do homicídio, limitando-se somente a dar fuga aos autores. Ainda segundo as informações, ele disse também que o homicídio foi pelo fato de que um dos suspeitos estava recebendo ameaças de morte por parte da vítima. 

    Foto: Divulgação/ PMMG

     

    Ainda de acordo com a polícia, um dos envolvidos disse que três deles estavam armados com revólveres 38 e um com uma pistola cal .380. Eles contaram que desceram a rua em direção à praça quando a vítima ficou sozinha e efetuaram vários disparos de arma de fogo, não sabendo precisar a quantidade de tiros. 

    Durante as buscas em uma residência, os policiais encontraram no corredor entre a parede lateral da casa e um muro, uma sacola contendo 39 cartuchos intactos calibre 38 e 05 cartuchos intactos de calibre 32. 

    Foi encontrada também uma blusa branca com estampas manchada de sangue. Já no caminho por onde os autores passaram, foi encontrado dentro de uma sacola um revólver calibre 32 com coronha e com numeração ilegível.

    O veículo utilizado na fuga foi apreendido e levado ao pátio credenciado. Devido ao disparo no pé, um dos envolvidos teve que ser encaminhado ao Hospital Márcio Cunha. Eles foram presos e o menor apreendido. Os materiais encontrados também foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]