Brasil

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Edílio Veloso, candidato ao Conselho de Administração da Usiminas, ao vivo no Plox

    O Conselho de Administração da Usiminas deve estabelecer a orientação geral dos negócios e decidir sobre questões estratégicas

    Por Plox

    01/02/2024 15h08 - Atualizado há 29 dias

    Na próxima segunda-feira (05), será realizada a eleição para representante dos empregados e aposentados para compor o Conselho de Administração da empresa biênio 2024-2025. Serão três chapas que disputarão a preferência do eleitorado. O voto é direto, secreto e não obrigatório para empregados e aposentados da Usiminas e Usiminas Mecânica, assim como os empregados das empresas participantes da Previdência Usiminas. O período de votação é das 8h às 17h, em todas as unidades do grupo Usiminas. O engenheiro de Segurança aposentado Edílio Ramos Veloso, que busca a reeleição, fala ao vivo ao Plox. Acompanhe a entrevista. 
     


    A Chapa 01 é composta pelo engenheiro Salvador Prado e o metalúrgico aposentado José Clementino de Carvalho, ex-diretor da AAPI. A Chapa 03 é composta pelo engenheiro Sam Jaques e o supervisor Márcio Aparecido. Presentes em nossos estúdios os representantes da Chapa 2, o Engenheiro de Segurança aposentado Edílio Ramos Veloso que busca a reeleição (o assessor executivo Wallace Caldeira Pinto, que compõe a chapa não está presente). 
     

    Quem é Edílio Ramos Veloso
    Edilio Ramos Veloso graduou-se em engenharia mecânica e segurança do trabalho, em 1985, na PUC Minas, em Coronel Fabriciano, e especializou-se em engenharia de segurança do trabalho na mesma universidade no ano de 1986. É pós-graduado em gestão empresarial e gestão de projetos, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Natural de Mantena, na região do Vale do Rio Doce, iniciou as suas atividades profissionais em Ipatinga, no Vale do Aço, onde trabalhou na Usiminas por 40 anos, sendo responsável por liderar projetos de segurança do trabalho de grande complexidade, analisando impactos na organização. Desde 2018, participa do Conselho de Administração da Usiminas, hoje titularmente, representando empregados e aposentados. Atualmente, está Vice Presidente.do Sindicato de Engenheiros no Estado de Minas Gerais (Senge-MG) pelo segundo mandato, e é conselheiro da Câmara de Engenharia Mecânica e coordenador da Comissão de Orçamento e Tomada de Contas do Crea-MG.


    O que faz o conselho de administração da Usiminas
    O Conselho de Administração da Usiminas deve estabelecer a orientação geral dos negócios e decidir sobre questões estratégicas, visando realizar as seguintes diretrizes:
    - zelar pelos interesses de todos os acionistas, sem desconsiderar as demais partes interessadas (stakeholders);
    - zelar pela perenidade da Companhia, dentro de uma perspectiva de longo prazo e de sustentabilidade, que incorpore considerações de ordem social, ambiental e de boa governança corporativa, na definição dos negócios e operações;
    - adotar uma estrutura de gestão ágil, composta por profissionais qualificados e de reputação ilibada;
    - formular diretrizes para a gestão da Companhia e suas controladas, coligadas e subsidiárias, que serão refletidas no orçamento anual;
    - zelar para que as estratégias e diretrizes sejam efetivamente implementadas pela Diretoria, sem, todavia, interferir em assuntos operacionais;
    - prevenir e administrar situações de conflito de interesses ou de divergência de opiniões, de maneira que o interesse da Companhia sempre prevaleça.

     

    Como é composto o Conselho de Administração da Usiminas
    O Conselho é formado por nove conselheiros efetivos – e respectivos suplentes –, eleitos em Assembleia Geral para um mandato de dois anos, permitida reeleição, que se reúnem ordinariamente quatro vezes por ano, conforme calendário previamente estabelecido. As reuniões extraordinárias ocorrem sempre que for necessário aos interesses sociais.
    O conselho é composto por 05 representantes da Ternium, 01 representante da Nippon Steel, 01 representante da Previdência Usiminas, 01 representante dos minoritários e 01 representante dos empregados e aposentados da Usiminas. 
    Por que o conselho de administração da Usiminas possui uma cadeira para o representante dos empregados e aposentados?
    Está previsto no estatuto da empresa, desde a privatização, a presença de um representante. O que somente ocorreu em 2015. 
    O que faz o representante dos empregados e aposentados no conselho da Usiminas.
    O representante dos empregados e aposentados no conselho de administração da Usiminas busca a defesa dos interesses de ambos junto aos acionistas da empresa priorizando os impactos econômicos, sociais e profissionais. Mitiga ou acentua os pontos caros aos trabalhadores na estratégia da empresa de forma que essas decisões não impactem na perenidade da empresa. 
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]