Brasil

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Confira dicas para reduzir a conta de luz durante períodos de altas temperaturas

    Engenheiro da Cemig alerta que, nesta época do ano, clientes devem ficar atentos ao aumento do consumo de energia

    Por Matheus Valadares

    01/03/2023 10h53 - Atualizado há cerca de 1 ano

    Com a chegada do verão, é comum que o consumo de energia elétrica nas residências e estabelecimentos comerciais aumente devido ao uso de equipamentos de refrigeração, como ventiladores, climatizadores e ar-condicionado. 

    A Plox conversou com o Thiago Batista, engenheiro de Eficiência Energética da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Ele alerta sobre os riscos do aumento na conta de energia e dá dicas de economia para o período.

    Veja o vídeo abaixo:

     

    De acordo com Batista,  o ventilador é o equipamento mais popular para refrescar o ambiente, pois é mais acessível financeiramente e possui menor potência em relação aos outros dois equipamentos. No entanto, ele alerta que o tempo de utilização também influencia no consumo de energia e, por isso, é importante atentar para as duas variáveis: potência e tempo.

    Ventilador e ar-condicionado são muito utilizados no verão e podem se tornar vilões do seu dinheiro. Foto: Cemig/Divulgação.

     

    "O consumo de energia depende, basicamente, de duas variáveis: potência em Watts (W) dos equipamentos e tempo de utilização (em horas). Para utilizar corretamente a energia, deve-se atuar nessas duas variáveis. Por isso, mesmo que o ventilador tenha uma potência menor, se o aparelho ficar por longo período ligado, o cliente poderá ter um aumento significativo na conta de energia", explica Batista.

    Quanto ao ar-condicionado, o especialista da Cemig ressalta que ele possui uma potência elevada e funciona de forma similar a uma geladeira, retirando o ar quente do ambiente. Ele recomenda que o consumidor fique atento ao tempo de utilização e opte por aparelhos com selo Procel ou etiqueta do Inmetro com a letra "A", que indicam maior eficiência energética.

    "Para as residências, existem dois modelos: o do tipo janela (menos eficiente) e o Split, que é mais eficiente. Na aquisição de qualquer um deles deve-se dar preferência para aqueles com o selo Procel ou categoria ‘A’ - mais eficientes. Esse selo indica ainda o consumo provável mensal devido a sua utilização", afirma Batista.

    Período pode significar economia no banho 

    Em virtude de sua grande potência, o chuveiro consome muita energia, sendo responsável por uma grande fatia da fatura de energia. Entretanto, nesta época do ano, as pessoas podem diminuir a potência do equipamento para reduzir o consumo e mesmo assim tomar um banho com a água em temperatura agradável. 

    “Ao colocar a chave do chuveiro na posição verão, as pessoas podem ter economia de, aproximadamente, 30% do consumo do aparelho ligado em sua potência máxima. Mas, mesmo assim, é importante que o tempo seja mantido, pois não adianta diminuir a potência do equipamento e aumentar o tempo de banho”, alerta Batista. 

    Confira mais dicas de economia de energia 

    Você sabia que substituir um ar-condicionado representa, mensalmente, uma economia de até 49%, energia suficiente para tomar 70 banhos, 500 horas de TV ligada ou recarregar 7 mil celulares? E que isso, financeiramente, equivale a seis torneiras pingando continuamente durante um mês inteiro? 

    Buscar aparelhos eletrodomésticos eficientes e substituir as lâmpadas de casa por lâmpadas LED pode representar, mensalmente, uma economia de até 75% no consumo. A energia poupada seria suficiente para tomar 23 banhos, 180 horas de TV ligada ou dar 2,3 mil recargas em celulares. Financeiramente, isso equivale a duas torneiras pingando continuamente durante um mês. 

    As geladeiras também podem representar mensalmente uma economia de até 48%, se substituídas por modelos eficientes. Essa economia significa energia para tomar 20 banhos, 150 horas de TV ligada ou dar 2 mil recargas em celulares. Financeiramente, neste caso, seriam mais duas torneiras pingando durante um mês inteiro. 

    Aparelhos que mais consomem energia

    De acordo com especialista, o ar-condicionado, eletrodoméstico muito utilizado no verão, puxa a fila de aparelhos que mais consomem energia. Logo em seguida vem a geladeira e o chuveiro elétrico. Confira o Top 6.

    1. Ar-condicionado
    2. Geladeira
    3. Chuveiro elétrico
    4. Videogame
    5. Micro-ondas
    6. Televisão

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]