Aluno é detido suspeito de esfaquear colega durante a merenda da escola em MG

A vítima sofreu lesões significativas, incluindo uma lesão na mão esquerda e duas perfurações nas costas, e foi rapidamente atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) antes de ser encaminhada ao Hospital

Por Plox

01/03/2024 10h40 - Atualizado há cerca de 2 meses

Em uma ocorrência de violência  ocorrida na Escola Estadual Rômulo Sales de Azevedo, localizada em Janaúba, Norte de Minas, um estudante de 16 anos feriu gravemente outro da mesma idade com uma faca durante uma discussão nesta última quinta-feira (29). O agressor, também de 16 anos, foi detido por suspeita de tentar assassinar o colega após uma série de desentendimentos. Segundo relatos, o ataque foi premeditado, motivado por insultos e agressões físicas anteriores por parte da vítima, levando o agressor a levar uma faca para a escola com o intuito de cometer o crime.

Foto: Reprodução/Pixabay

A vítima sofreu lesões significativas, incluindo uma lesão na mão esquerda e duas perfurações nas costas, e foi rapidamente atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) antes de ser encaminhada ao Hospital Regional de Janaúba, onde permaneceu sob cuidados médicos. A condição atual do estudante ferido não foi divulgada.

A Polícia Militar foi acionada para o local do crime, situado no bairro Santo Antônio, e confirmou que a violência ocorreu durante uma briga entre os estudantes. Testemunhas relataram que, após esfaquear o colega, o agressor foi imobilizado por outros alunos e funcionários da instituição.

Durante a investigação, o agressor admitiu ter planejado o ataque como vingança pelos maus-tratos contínuos que sofria na escola. Ele foi apreendido e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) para as devidas providências legais. Informações adicionais revelaram que o adolescente detido tem histórico de uso de substâncias entorpecentes, conforme relatado por sua mãe.

A Polícia Civil realizou a perícia no local do incidente, e o caso segue em investigação para esclarecer todos os detalhes e determinar as responsabilidades

Destaques