Brasil ascende ao top 10 das maiores economias globais

Crescimento de 2,9% no PIB em 2023 eleva país acima de Canadá e Rússia, segundo Austin Ratings

Por Plox

01/03/2024 23h21 - Atualizado há 5 meses

O Brasil marcou seu retorno ao grupo das dez maiores economias do mundo, alcançando a nona posição no ranking global, graças a um crescimento de 2,9% no Produto Interno Bruto (PIB) em 2023. Esse avanço, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), permitiu ao país superar economias como as do Canadá e da Rússia, de acordo com um estudo realizado pela consultoria Austin Ratings, que analisou os dados preliminares de PIBs de 54 países.

Getty Images

Desempenho Econômico Brasileiro

O Brasil agora ostenta um PIB de US$ 2,17 trilhões, uma notável recuperação que o reposiciona no cenário econômico mundial. Em comparação, no ano de 2022, a economia brasileira ocupava a 11ª posição, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI). Este crescimento reflete uma retomada significativa, destacando o potencial econômico do país.

Os Estados Unidos mantêm a liderança do ranking com um PIB de US$ 26,9 trilhões, seguidos pela China com US$ 17,7 trilhões e pela Alemanha com US$ 4,4 trilhões. O Japão segue em quarto lugar, com um PIB de US$ 4,2 trilhões, enquanto o México, outro representante latino-americano, aparece na 12ª posição com um PIB de US$ 1,81 trilhão.

Crescimento Percentual e Perspectivas

Embora o Brasil tenha alcançado a 14ª posição em termos de crescimento percentual do PIB, com a elevação mencionada de 2,9%, destaca-se no contexto internacional. A liderança do crescimento percentual foi da Mongólia, com uma impressionante alta de 7,10%, seguida pela Índia, com 6,70%, e pelo Irã, com 6,40%. Os Estados Unidos ficaram na 18ª posição quanto ao crescimento percentual, com um aumento de 2,5% em seu PIB.

Destaques