Corpo de ator da Record desaparecido é encontrado no Rio; dois suspeitos presos

Edson Caldas Barboza, conhecido por sua atuação em "Gênesis", foi vítima de latrocínio na Baixada Fluminense.

Por Plox

01/03/2024 09h48 - Atualizado há cerca de 2 meses

A Polícia Civil do Rio de Janeiro localizou, na Baixada Fluminense, o corpo que acredita-se ser do ator Edson Caldas Barboza, de 29 anos, que estava desaparecido desde o início de fevereiro. No contexto da investigação, dois homens foram detidos, suspeitos de envolvimento no crime, que aponta para um caso de latrocínio, prática criminosa que une roubo seguido de assassinato.

Foto: Edson Caldas Barboza - Reprodução/Instagram

A descoberta trágica encerra a busca angustiante de uma família que esperava notícias desde que Barboza desapareceu. Sua esposa, Jennyffer Vieira, confirmou a morte do marido através de uma emocionante homenagem nas redes sociais, prometendo amor eterno e dedicação aos filhos do casal. "Pra sempre vai ser eu, você e eles. Te amarei eternamente! Vai com Deus, descansar. Eu vou fazer tudo por eles sempre", emocionou-se Jennyffer.

De acordo com as autoridades, o ator, conhecido por seu papel na novela "Gênesis" da Record, foi ludibriado sob a premissa de um encontro sexual em Japeri, na Baixada Fluminense. Ao chegar no local, foi dominado pelos criminosos, que além de roubar seu relógio e pertences pessoais, coagiram-no a fazer transferências bancárias. Posteriormente, Edson foi levado para um matagal, onde seu assassinato foi consumado.

O último avistamento de Barboza aconteceu no dia 2 de fevereiro, quando foi visto entrando em um veículo desconhecido em frente a um bar no bairro Coelho Neto, no Rio de Janeiro. Pouco tempo depois, o carro do ator foi encontrado em Queimados, também na Baixada Fluminense, com marcas de bala e indícios de sangue, aprofundando o mistério em torno de seu desaparecimento até a triste confirmação de sua morte.

Destaques