Iniciativa AcessibiliBAR promove inclusão em estabelecimentos de Belo Horizonte

A iniciativa já resultou na certificação de 40 estabelecimentos

Por Plox

01/03/2024 14h16 - Atualizado há 5 meses

Aline Castro, aos 30 anos, lidera uma revolucionária campanha de inclusão chamada AcessibiliBAR em Belo Horizonte, focada em certificar bares e restaurantes com infraestruturas acessíveis. Cadeirante, Aline frequentemente enfrentava obstáculos ao sair com amigos e família devido à inacessibilidade de muitos locais na cidade. Essas experiências negativas a impulsionaram a criar o AcessibiliBAR, não com o intuito de fiscalizar, mas para sensibilizar e encorajar estabelecimentos a se tornarem mais acolhedores para pessoas com deficiência (PCD).

 

Foto: Reprodução/ Instagram

 

O AcessibiliBAR avalia vários critérios para a certificação, incluindo facilidades de entrada como rampas ou elevadores, banheiros adaptados, além de considerar a altura de mesas e cadeiras e a disponibilidade de cardápios digitais, visando acomodar não só cadeirantes, mas também idosos, crianças, e pessoas com deficiência visual. A iniciativa já resultou na certificação de 40 estabelecimentos, que após serem aprovados, recebem um selo de acessibilidade e divulgação no perfil do Instagram do projeto.

Para marcar um mês de sucesso do projeto, Aline organizou um encontro no Churras, uma das churrascarias certificadas, oferecendo um espaço inclusivo com várias facilidades, incluindo banheiro acessível e espaço kids, para uma celebração gratuita aberta ao público.

 

Foto: Reprodução/ Instagram

 

A iniciativa já gerou feedback positivo, com muitas pessoas com deficiência expressando gratidão por terem suas necessidades reconhecidas e atendidas, contribuindo para uma sensação de pertencimento e inclusão social. Aline, junto a sua equipe formada por seu irmão, também cadeirante, e sua mãe, destaca a importância do lazer como um direito constitucional que contribui significativamente para a qualidade de vida, saúde mental, e desenvolvimento pessoal e social das pessoas com deficiência.

Com cerca de 120 mil pessoas com deficiência em Belo Horizonte, o projeto AcessibiliBAR não apenas promove a acessibilidade urbana, mas também reforça a importância do lazer inclusivo, trabalhando incansavelmente para garantir que todos possam desfrutar da vida social da cidade com dignidade e segurança.

Destaques