Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Polícia apreende adolescente suspeito de assassinar irmã em Minas Gerais

    Segundo a PC, um outro indivíduo, suspeito de participar do crime, também foi preso

    Por Plox

    01/04/2021 17h28 - Atualizado há 8 meses

    Nessa quarta-feira (31), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) apreendeu um adolescente de 16 anos e prendeu um homem de 31 anos, suspeito de matar a irmã do adolescente, de 27 anos, no bairro Ribeiro de Abreu, região Nordeste de Belo Horizonte-MG. Um outro homem, de 34 anos, também suspeito de participar no crime, está foragido.

    Conforme detalha a delegada Michelle Campos, o crime ocorreu por volta das 16h, quando os três foram recebidos pela vítima, que estava no apartamento da tia, e imediatamente iniciaram as agressões. “Os suspeitos a assassinaram com várias facadas, tendo a arma inclusive quebrado dentro da vítima, além de atingi-la na cabeça com uma barra de ferro”.

    Ainda segundo Campos, o crime foi testemunhado por um irmão mais velho da vítima, que foi imobilizado pelos suspeitos durante o crime, e o filho dela, de 8 anos, que também soube indicar a identidade dos suspeitos.

    Após o homicídio, os investigados fugiram do local levando dois aparelhos celulares da vítima, R$160 em dinheiro, carteira com documentos e as chaves de uma residência dela localizada no bairro Tupi.

    “A partir das informações, realizamos os primeiros levantamentos e, com apoio da Polícia Militar, realizamos a prisão e a apreensão na mesma região. Foi uma ação integrada resultou numa ação rápida e efetiva da polícia contra um crime tão bárbaro”, ressaltou o delegado Frederico Abelha, chefe da Divisão de Especializada em Investigação de Crimes Contra a Vida (DICCV) do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

    A PCMG apurou até o momento que o foragido de 34 anos devia à vítima, que não tinha antecedentes policiais, dinheiro oriundo do tráfico de drogas, o que teria motivado o crime. Ele possui passagens pelos crimes de receptação, associação criminosa e roubo. Já o homem de 31, por furto.

    As investigações prosseguem para localização e prisão do foragido. O homem de 31 anos se encontra no sistema prisional e o adolescente infrator, no sistema socioeducativo, ambos à disposição da Justiça.
     

    Avó mata filha tentando defender neta em BH
    Para defender a neta de 1 ano e dois meses, uma mulher de 54 acabou matando a própria filha, de 22, por acidente. A bebê estaria sendo agredida pela mãe. O caso aconteceu na madrugada de terça-feira (30), em Belo Horizonte.

    De acordo com as informações, a avó contou que a filha estaria agredindo a bebê e, para defender a neta,  interferiu e as duas começaram a discutir e acabaram entrando em luta corporal. A jovem teria se desequilibrado e batido a cabeça na quina de um sofá.

    Ainda de acordo com a versão da mulher de 55 anos, a filha era usuária de drogas e, na madrugada do ocorrido, estaria em abstinência e teria se irritado com o choro da criança.

    A jovem foi levada inconsciente a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pelo Corpo de Bombeiros, mas chegou sem vida ao local. O caso está sendo tratado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A versão da avó é investigada pela Polícia Civil.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]