Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Governo anuncia vacinação para 100% da população acima de 60 anos

    Cerca de 7 milhões de doses serão disponibilizadas, segundo a coordenadora do PNI

    Por Plox

    01/05/2021 01h01 - Atualizado há 9 meses

    A coordenadora do PNI (Programa Nacional de Imunizações), Francieli Fantinato, disse nesta sexta-feira (30) que será disponibilizada a quantidade necessária de vacinas para imunizar 100% da população acima de 60 anos contra covid-19. Cerca de 7 milhões de doses serão distribuídas, segundo a coordenadora.

    Governo disponibilizará vacinas para 100% da população acima de 60 anos Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

    Fantinato explicou que a vacinação será para todas as pessoas acima de 60 anos. “Então, a gente avança para o público de 60 a 64 anos, que era 70% [do público atingido] com a pauta anterior, para 100%. Os municípios vão operacionalizar a vacinação para vacinar esse público, mas o Ministério da Saúde já distribuiu 100% das doses para a população acima de 60 anos de idade”, diz

    O Ministério da Saúde, de acordo com ela, enviou vacinas que, com os 5,2 milhões de doses distribuídas nesta semana, somaram 62,6 milhões no total. A coordenadora afirmou que será disponibilizado no sábado (1) um quantitativo que vai chegar a 69,5 milhões.

    Na audiência pública da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, em que participou hoje, Fantinato discutiu a vacinação em profissionais da educação e alunos da rede pública. Além dela, participaram do encontro o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira (PDT), e representantes de entidades de educação.

    O total de doses, de acordo com Fantinato, já enviado pelo ministério chegará a 12,1 milhões nesta semana. Esses imunizantes se unem aos 5,2 milhões de vacinas disponibilizadas ao longo da semana e ao quantitativo adicional distribuído a partir de sábado. Ela diz que durante a campanha ocorreu um aumento das doses.

    Agora, 13% da população com comorbidades, gestantes e mulheres de resguardo e indivíduos com deficiência permanente poderão receber a vacina com o que o ministério enviou a mais. Segundo ela, são mais de 20 milhões de pessoas que têm comorbidades.

    Fantinato, quando indagada acerca da distribuição da segunda dose da CoronaVac a prefeituras, afirmou que é necessário que a vacinação se dê de forma completa. Ela afirmou que, por a CoronaVac não ter comprovação de eficácia com uma dose apenas, é preciso que os municípios completem o esquema vacinal. Ela ressalvou, entretanto, que essa orientação se dê tanto com a vacina chinesa quanto com a Astrazeneca.

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]