Brasil

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Impasse na vida de Daniel Alves: modelo expulsa de casa e jogador preso em Barcelona

    A situação ocorreu após ela se recusar a assinar um acordo de confidencialidade que poderia auxiliar na liberação do brasileiro, que se encontra preso desde 20 de janeiro, acusado de estupro.

    Por Plox

    01/05/2023 22h31 - Atualizado há 10 meses

    Em meio à turbulência na vida do jogador de futebol Daniel Alves, a modelo Joana Sanz foi expulsa da casa que dividia com o atleta em Barcelona. A situação ocorreu após ela se recusar a assinar um acordo de confidencialidade que poderia auxiliar na liberação do brasileiro, que se encontra preso desde 20 de janeiro, acusado de estupro.

     

    Daniel Alves e Joana Sanz na casa em que viviamREPRODUÇÃO INSTAGRAM @DANIALVES

    Pressão e reação

    Dinora Santana, primeira esposa de Daniel Alves e mãe de seus filhos, teria tentado coagir Joana Sanz com a seguinte frase: "Se não assinar um acordo de confidencialidade, você terá de sair da casa onde mora", segundo informações do programa Fiesta, do canal Telecinco. A assinatura deste acordo ajudaria a provar que o jogador poderia aguardar o julgamento em liberdade, já que seu casamento com a espanhola Joana Sanz confirmaria sua permanência no país.

    No entanto, Joana não aceitou o acordo e iniciou o processo de divórcio. De acordo com uma publicação da modelo no Instagram, Daniel Alves se recusa a assinar a separação, atrasando todo o processo. Ela garante que levará adiante o divórcio.

    Mudança de postura

    Após as investigações e a admissão de Daniel Alves sobre o contato com a mulher na boate Sutton, em Barcelona, Joana Sanz mudou sua postura e passou a se posicionar contra o jogador, anunciando a separação. No início, quando a denúncia de estupro foi feita, Joana havia se manifestado a favor de Daniel Alves.

    Nas redes sociais, Joana informou que está em Madri e, segundo o programa Fiesta, pretende morar na capital espanhola e já estaria em um relacionamento com um empresário.

    Dinora Santana, por outro lado, continua apoiando Daniel Alves desde o início do processo.

    Relembrando o caso

    Daniel Alves foi preso preventivamente na Espanha em 20 de janeiro, acusado de agredir sexualmente uma mulher de 23 anos durante uma festa em 30 de dezembro de 2022. A Justiça espanhola ordenou a prisão do atleta após ouvir depoimentos contraditórios do brasileiro.

    Inicialmente detido no Centro Penitenciário Brians 1, Daniel Alves foi transferido para o Brians 2 três dias após a prisão. A defesa do jogador busca autorização para que ele responda em liberdade até o julgamento, apresentando provas de que não deixaria a Espanha. Entretanto, o Ministério Público do país já se posicionou contra a soltura do lateral, e agora aguarda-se a manifestação da corte.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]