WhatsApp deixará de funcionar em 35 modelos de celulares; veja quais são

Meta busca aprimorar segurança e eficiência do aplicativo com atualização de compatibilidade

Por Plox

01/05/2024 13h09 - Atualizado há cerca de 1 mês

A partir deste 1º de maio, o WhatsApp não funcionará mais em uma série de modelos antigos de smartphones, impactando usuários de dispositivos Android como Motorola, Lenovo, Huawei, Xiaomi, LG, Sony, Samsung, além de alguns modelos de iPhone. A Meta, empresa que administra o WhatsApp, informou que essa medida visa aprimorar a segurança e eficiência do aplicativo, que agora demandará capacidades técnicas presentes apenas em modelos mais recentes de smartphones.

Foto: Reprodução/Freepik

Os usuários afetados foram notificados com antecedência sobre o fim da compatibilidade de seus dispositivos. A Meta recomenda que esses usuários atualizem seus sistemas operacionais, façam backup de suas mensagens ou migrem seus dados para um novo aparelho dentro dos próximos 30 dias para evitar a perda de informações.

A falta de compatibilidade com versões mais antigas do sistema operacional resulta na perda de acesso a atualizações, correções de segurança e suporte técnico, prejudicando significativamente a experiência de uso do aplicativo.

No total, 35 modelos de smartphones deixarão de ser compatíveis com o WhatsApp. Entre os modelos afetados estão:

  • Samsung: Galaxy S4 mini I9195 LTE, Galaxy Ace Plus, Galaxy Core, Galaxy Note 3 Neo LTE+, Galaxy Note 3 N9005 LTE, Galaxy S4 Zoom, Galaxy S4 Active, Galaxy S4 mini I9192 Duos, Galaxy S 19500, Galaxy Grand, Galaxy S3 Mini VE, Galaxy S4 mini I9190, Galaxy Express 2.
  • iPhone: iPhone 6S, iPhone SE, iPhone 6S Plus, iPhone 5, iPhone 6.
  • Motorola: Moto X, Moto G.
  • Lenovo: Lenovo S890, Lenovo A858T, Lenovo 46600, Lenovo P70.
  • Huawei: Ascend P6 S, Ascend G525, Huawei GX1s, Huawei C199, Huawei Y625.
  • LG: Optimus 4X HD P880, Optimus L7, Optimus G Pro, Optimus G.
  • Sony: Xperia Z1, Xperia E3.

Os usuários desses modelos devem considerar as alternativas sugeridas pela Meta para continuar utilizando o WhatsApp sem interrupções.

Destaques