Brasil

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Estudante de Física da UFV é acusado de pichações na cidade de Viçosa

    De acordo com as autoridades, o jovem, originário de Pará de Minas, foi apontado como suspeito

    Por Plox

    01/06/2023 16h37 - Atualizado há 9 meses

    No coração de Minas Gerais, na tranquila cidade de Viçosa, na Zona da Mata, um mistério se desenrolava. Frases como “Rir pra não chorar” surgiam em diversos muros pela cidade. Nesta quinta-feira (1º), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) revelou que um estudante de Física da Universidade Federal de Viçosa (UFV), de 27 anos, é o principal suspeito por trás dessas pichações.

     

    Foto: Reprodução

    Investigação leva à identificação do suspeito

    De acordo com as autoridades, o jovem, originário de Pará de Minas, foi apontado como suspeito graças ao trabalho diligente do serviço de inteligência da 5ª Delegacia Regional de Viçosa. Após a identificação, o estudante foi localizado e convocado para prestar depoimento à Polícia Civil.

    A acusação contra ele envolve pichações não apenas em propriedades residenciais e comerciais de Viçosa, mas também em locais onde deixou apenas sua assinatura.

    Suspeito responderá por danos ao patrimônio

    A pichação é enquadrada como crime ambiental no Brasil. Neste caso, as acusações contra o estudante vão além, pois algumas das pichações teriam atingido bens tombados como patrimônio cultural de Viçosa.

    Os impactos dessa ação no patrimônio público e na paisagem cultural da cidade ainda serão avaliados.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]