Ipatinga

economia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Mercado imobiliário, um dos principais termômetros da economia de BH

    Entenda as peculiaridades na economia do mercado de imóveis mineiro 

    Por Plox

    01/07/2020 16h58 - Atualizado há mais de 1 ano

    Entre tantos setores da economia de um país, o segmento imobiliário também é fortemente impactado, tanto nos aspectos positivos, quanto nos aspectos negativos. 

    Diante dessas características, para entender com a economia de Belo Horizonte é afetada no mercado financeiro, precisamos olhar como andam as mudanças ao longo dos últimos anos. 

    Começando pelo ano de 2008, Belo Horizonte e resto do mundo foram impactados economicamente pelo o que ficaria conhecido como a grande recessão. O mercado teve de encarar diversos desafios em virtude da bolha imobiliária, que foi aumentando com o crescimento da crise. Inúmeros empréstimos inadimplentes afetaram o mercado imobiliário, depreciando o valor dos títulos financeiros que tiveram um grande efeito cascata sobre a economia mundial. 

    Dez anos, agora em 2018, a economia viveu um novo momento de crise iniciado no Brasil devido a instabilidade política, que em parte permanece até hoje. Naquele momento, investidores internacionais ficaram inseguros de investir no Brasil e os bancos começaram a dificultar e restringir o acesso ao crédito, impactando novamente o mercado imobiliário. 

     

    BH-imoveisFoto: divulgação
     

    Apesar de serem motivadas por situações completamente distintas, as crises apresentadas em um intervalo de dez anos apresentam repercussões semelhantes no mercado imobiliário. Isso porque em Belo Horizonte ou qualquer outra cidade que tenha uma forte atividade na compra e aluguel de imóveis, a chegada de uma crise representa uma recessão economia. 

    Na prática isso significa que os bancos começam a dificultar o acesso ao crédito, incentivos fiscais como a Taxa Selic podem apresentar variações, os investidores começam a ficar receosos em apostar em novos imóveis e claro, o consumidor começa a rever o planejamento de acordo com orçamento disponível afim de que possa escolher seu imóvel no melhor momento. 

    Entretanto é possível analisar esses momentos de crise passados para saber a melhor forma de lidar com os desafios do presente e poder se preparar para um retorno mais otimista do mercado. Para isso é preciso analisar alguns pontos, conforme vamos apresentar a seguir: 

     

    Estudar as formas de adquirir um imóvel 

    Estando ou não em momento de crise, antes de analisar o mercado é importante ter uma decisão tomada sobre adquirir um imóvel. O primeiro passo é identificar se será realizado uma compra ou um aluguel. 

    Essa tomada de decisão envolve principalmente a questão financeira, por isso é importante ter na ponta do lápis o orçamento disponível ou aquilo que se pretende gastar. Após essas etapas é possível iniciar as buscas por casas à venda em BH através das imobiliárias analisando demais fatores como localização, tipo de imóvel - casa, apartamento, terreno, tamanho entre outros fatores. Com essas decisões tomadas, é sempre importante estar atento ao seu comportamento enquanto cliente, evitando tomar uma decisão precipitada, que possa prejudicar o negócio. 

     

    Aluguel X Compra: qual opção escolher 

    Com a decisão de escolher um imóvel tomada, é hora de avaliar qual é a melhor opção disponível para o momento entre aluguel e compra. Normalmente essa escolha é realizada junto com a decisão, mas é importante destacar a importância de fazer a escolha certa para o sucesso do negócio. Momentos de crise como os destacados em cima geralmente tem início com a participação dos próprios compradores que acabaram por não se planejar e não conseguiram lidar com as finanças, prejudicando assim o mercado. Ou ás vezes essa influência pode ser externa como é o caso de crises políticas, financeiras ou até mesmo de saúde pública em que recomendado repensar ou até mesmo adiar os planos para não acabar prejudicado no longo prazo como identificado em algumas situações no mercado. 

    No caso de realizar a compra de apartamentos à venda em BH o mais indicado segundo os especialistas é realizar um adiantamento sobre o valor do imóvel, que pode variar entre 5 e 20% no valor do imóvel e pagar os custos com o fechamento, que podem chegar também a 5%. 

    Esse é o primeiro passo, que pode ajudar a dar uma aliviada na aquisição junto as etapas do financiamento, esses que também podem ser afetados por questões externas que vão desde o acesso ao crédito até a taxa de juros cobradas ao longo das prestações. Ao garantir o imóvel também é importante calcular os custos necessários para habitá-lo com tranquilidade. 

    Estudos indicam que a hipoteca não pode ultrapassar cerca de 28% da sua renda mensal e o valor total da investimento não pode ser 36% maior do que sua renda total. Com esses percentuais em mãos, é muito importante realizar os cálculos a fim de estudar qual a melhor opção disponível. 

    Já se a escolha for optar por um aluguel, a decisão pode se tornar um pouco mais previsível. Isso porque o optar por um apartamento para alugar em BH traz uma série de despesas fixas todo o mês, que podem ser calculadas e de certa maneira previstas pelo cliente. Mas por outro lado, o aluguel traz questões com contrato com um tempo de permanência no espaço, relacionamento com o proprietário, além de estar residindo em um ambiente que não é seu, o que não garante uma certa liberdade relacionadas a reformas e demais alterações a serem realizadas no apartamento. 

     

    Porque investir em BH? 

    E claro que ainda nos cenários adversos existe a possibilidade de olhar para o mercado com otimismo e até mesmo se planejar para momentos de confiança que seja possível investir. Uma cidade como Belo Horizonte apresenta um ritmo único de crescimento, com lançamentos e novidades a cada ano. Nesta etapa é vale encarar a aquisição de imóvel como um investimento para toda a vida, entendendo que esse é um processo que faz parte do mercado e por isso muitas vezes sofre influências tanto positivas ou negativas. 

    Para o sucesso do negócio, o segredo é realizar variadas pesquisas, se planejar com antecedência e estar atento as variações econômicas e políticas a fim de identificar o melhor momento para realizar o investimento que vai ser por toda a vida, capaz de contribuir para a economia da sua região.  
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]