Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Primeiros híbridos entre humanos e animais são autorizados no Japão

    Experimento visa o cultivo de pâncreas humanos em camundongos e abre caminhos para reduzir as filas de transplantes de órgãos

    Por Plox

    01/08/2019 18h45 - Atualizado há quase 3 anos

    Um experimento promete revolucionar a medicina nos próximos anos pelo nascimento de animais híbridos com genes tanto de roedores quanto de pessoas. O Ministério da Ciência do Japão aprovou a pesquisadores da Universidade de Tokyo para o cultivo de pâncreas humanos em ratos e camundongos.

    O experimento tem como objetivo testar a possibilidade de desenvolvimento de órgãos humanos dentro do corpo de animais, o que faria com que extensas filas de transplante diminuísse significativamente, de acordo com a revista científica Nature. 

    O estudo, chefiado por Hiromitsu Nakauchi, utilizará a manipulação genética para tornar os embriões de camundongos capazes de desenvolver um pâncreas. Ao longo de seu crescimento, ele receberá injeções de células-tronco humanas. O passo seguinte será o transplante do órgão para ratos adultos, com o objetivo de testar o seu funcionamento.

    Foi demonstrada uma certa preocupação por parte de Bioeticistas sobre a possibilidade de resultar em animais com deficiências cerebrais e cognitivas. Em entrevista a revista Natura, Nakauchi declarou que o foco é geração de órgãos."Logo, as células humanas serão direcionadas apenas ao pâncreas", acalmou o pesquisador.

    A estratégia adotada pelos estudiosos é criar um embrião de roedor sem o gene necessário à produção de órgãos como o pâncreas. As células-tronco da nossa espécie - estruturas com capacidade de se transformar em qualquer tipo de célula - serão injetadas justamente para preencher essa lacuna, resultando, em tese, na formação de um pâncreas humano. 

    Atualizada às 16h41

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]