Ipatinga

emprego

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Redução de jornada de trabalho: “Brasil não está pronto”, diz mentor empresarial

    Gustavo finalizou dizendo que tudo ainda está sendo testado, mas que ele não vê como algo que seja fácil

    Por Plox

    01/08/2022 15h09 - Atualizado há 9 dias

    A redução da jornada de trabalho nas empresas para quatro dias já é uma tendência em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil. A mudança vem ganhando forma e a instituição da carga horária de 32 horas pode ser uma realidade próxima em alguns negócios.

    No entanto, apesar de entender que muitos negócios podem se dar bem com isso, o mentor empresarial Gustavo Medeiros afirmou que, no geral, o Brasil não está pronto para isso.

    Foto: reprodução Pixabay

     

    Segundo ele, os brasileiros não estão maduros o suficiente para conseguir absorver isso. “Isso porque muitas empresas ainda não possuem processos definidos e claros. Eu acredito que o trabalho duro ainda é o maior causador dos bons resultados”, afirmou.

    O especialista em gestão mencionou que algo no sentido seria mais favorável se fosse na política do que ele chama de “4 dias + 1, que nunca é a cinco”. Conforme ele, essa máxima se traduz em quatro dias de trabalho e um de treinamento durante a semana.

    “Isso potencializa para que os colaboradores estejam maduros para os demais dias. Mas, repito, apenas reduzir para quatro dias pode não ser tão produtivo, porque ainda temos uma boa parcela de trabalhadores que não são”, declarou.

    “É preciso haver mais consciência de resultados e ao mesmo tempo o mercado exige bem mais dinamismo do que apenas em quatro dias”, concluiu.

    Gustavo finalizou dizendo que tudo ainda está sendo testado, mas que ele não vê como algo que seja fácil de se instituir.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]