Brasil

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Agredida verbalmente, parlamentares fazem desagravo a deputada Chiara Biondini

    Deputada Chiara Biondini foi atacada verbalmente por assessora parlamentar durante votação de emenda em Plenário.

    Por Plox

    01/09/2023 08h31 - Atualizado há 6 meses

    Durante a Reunião Ordinária de Plenário, na tarde desta quinta-feira (31/8/23), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), parlamentares de diversos partidos prestaram solidariedade à deputada Chiara Biondini (PP), após esta ter sido ofendida por uma assessora parlamentar durante reunião anterior, realizada pela manhã. Deputadas e deputados revezaram-se em pronunciamentos em desagravo à colega de Legislatura.

    O episódio que gerou os comentários ocorreu durante a votação de uma emenda ao Projeto de Lei (PL) 2.309/20, que cria o Programa de Enfrentamento ao Assédio e Violência Política contra a Mulher, aprovado em definitivo na Reunião Extraordinária de Plenário da manhã desta quinta.
    A deputada Chiara Biondini defendeu a rejeição da emenda de autoria do deputado Ulysses Gomes (PT), que acrescenta, entre os objetivos da política, combater qualquer forma de discriminação de gênero, considerando-se aspectos relativos a raça, cor, etnia, classe social, orientação sexual e religiosidade, que tenha por finalidade ou resultado impedir ou prejudicar o exercício dos direitos políticos da mulher.

    Foto: Willian Dias

     

    Depois disso, a parlamentar disse ter sido atacada verbalmente por uma assessora da deputada Macaé Evaristo (PT), com adjetivos como “racista, fascista e homofóbica”. “Quando vão atacar são sempre as mesmas palavras. Peço que a Casa tome providências”, afirmou a deputada Chiara Biondini, ao mesmo tempo em que agradeceu o apoio recebido da própria colega Macaé Evaristo, que condenou o comportamento de sua assessora.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]