Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Veja dicas importantes para evitar explosão de celular

    Caso da menina de 14 anos que morreu após celular explodir do Cazaquistão trouxe à tona a importância dos cuidados no uso do aparelho

    Por Plox

    01/10/2019 14h44 - Atualizado há cerca de 2 anos

    O caso recente da adolescente Alua Asetkyzy Abzalbek, de 14 anos, que morreu no Cazaquistão, após o celular explodir debaixo de seu travesseiro trouxe à tona o perigo de superaquecimento do aparelho. A garota dormia escutando música no celular enquanto ele carregava. Com a sobrecarga, o aparelho esquentou muito e explodiu na cabeça de Alua durante a madrugada.

    Mas esse caso é apenas um de vários que ocorrem pelo mundo. No Brasil, somente em 2018, foram 41 acidentes com aparelhos celulares, sendo que desses, 23 pessoas morreram, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Conscientização dos Perigos de Eletricidade (Abracopel).

    alua

    Alua Asetkyzy Abzalbek, de 14 anos, que morreu no Cazaquistão, após explosão de celular- Foto: Reprodução

    Em janeiro de 2019, uma menina de apenas 3 anos morreu em Pernambuco, enquanto mexia no celular. Ela veio a óbito depois que sofreu um choque elétrico por conta do contato com o celular que estava na carga. No mesmo mês, em São João da Boa Vista (SP), o celular um menino de 11 anos explodiu e os estilhaços acertaram o olho dele. Dois meses depois, em março, um smartphone que era carregado na tomada do quarto de uma empresária começou a soltar fumaça à noite. A comerciante e o marido ficaram com medo de uma explosão e jogaram o aparelho dentro da água, em Santa Cruz do Sul (RS).

    Já em junho deste ano, uma moradora de Sinop (MT), teve a casa incendiada por conta do curto-circuito no celular de uma idosa. O aparelho dela estava ligado à tomada quando explodiu. A mulher foi salva por pedreiros que estavam perto da casa. Estes são apenas alguns casos que acontecem pelo país. Alguns cuidados são importantes para evitar acidentes e até tragédias.

    Celulares

    Foto: Divulgação

    Veja algumas dicas muito importantes:

    -Não use o celular enquanto ele está conectado na tomada com o carregador, para evitar o aquecimento do aparelho;
    -Não carregue o celular em cima da cama, cobertas e roupas. Essa conduta gera fonte de calor e faz com que ele se superaqueça, vindo a explodir;
    -Não o deixe carregando durante a noite enquanto dorme, pois, o aparelho pode atingir os 100% de carga. Conectado à tomada, superaquece podendo explodir e causar incêndio quando a pessoa está dormindo;
    -Quando for atender uma ligação, por exemplo, o celular deve ser desconectado. Ou seja, nunca fale ou mexa no celular enquanto ele está recebendo a carga elétrica;
    -Sempre que for deixá-lo na carga, tire a capinha durante o processo;
    -Não carregue o celular em ambientes úmidos;
    -Utilize somente acessórios originais e nunca genéricos. Carregadores e baterias não-originais podem causar curto-circuitos e como consequência, levar a incêndios;
    -Cuidado ao manter contato do celular com a água e outros líquidos, o que pode gerar choques elétricos;
    -Os fios dos carregadores não devem ser puxados com força ou torcidos;
    -Nunca guarde os aparelhos, carregadores e baterias próximos a chaves, moedas e outras peças metálicas;
    -Evite calor, pressão e luz direta sobre o celular
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]