Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem é preso por abusar sexualmente de criança de 5 anos em Ipatinga

    O homem já foi preso pelo mesmo crime em 2012 durante uma operação da Polícia Federal

    Por Plox

    01/11/2021 15h42 - Atualizado há 29 dias

    Um homem de 36 anos foi preso pelo crime de pedofilia na noite do último sábado (30), em Ipatinga, Minas Gerais. Ele assumiu ter dado um chupão no pescoço de uma criança de cinco anos. A vítima disse que o suspeito beijou sua boca contra sua vontade e acariciou sua parte íntima. O homem já foi preso pelo mesmo crime em 2012 durante uma operação da Polícia Federal.

    Segundo informações da Polícia Militar, a mãe da vítima, de 34 anos, disse aos policiais que na noite de sábado um homem foi à sua casa, no bairro Jardim Panorama, e que ela o conheceu através de um grupo de doações de membros da igreja que frequenta.

    A mulher relatou que o homem se aproximou dela para ajudar, já que ficou sabendo que a mãe solteira de três crianças vem passando por dificuldades financeiras e está com problemas de saúde, sem condições para comprar alimentos para seus filhos, sendo ajudada por muitos membros de igreja para custeios de suas despesas com moradia, luz, água e comida.

    Em determinado momento, a mulher deixou seu filho em casa, sozinho com o homem e foi até a residência de uma vizinha, que mora no mesmo lote. Quando retornou, deparou com uma mancha vermelha no pescoço de seu filho, hematoma semelhante a um chupão. Ao perguntar à criança do que se tratava, o menino respondeu que foi seu “tio” que mordeu. De imediato, a mulher saiu com o filho, trancou o homem dentro de sua casa e ligou para polícia.

    Os policiais conversaram com o suspeito e ele disse que foi à casa da mulher para levar uma caixa de leite, iogurte, pão e salsichas para as crianças, pois gosta muito delas. O homem também contou que “ficou sozinho alguns minutos com o garoto e que realmente empolgou na brincadeira de lutinha e acabou exagerando um pouco e deu um chupão no pescoço da criança, tipo mordidinha no pescoço enquanto brincavam na cama”.

    Segundo a mãe do menor, poucos dias atrás, o homem insistiu para levar seu filho para passear no Parque Ipanema, e acabou deixando ir. Se soubesse que ele tinha essa conduta, não teria deixado seu filho sozinho com suspeito.

    O garoto foi encaminhado ao Hospital Márcio Cunha, acompanhado da mãe, para ser feito avaliações e exames clínicos. Uma equipe multidisciplinar de saúde conversou com o menino e ele disse que o suspeito além de morder seu pescoço, beijou sua boca contra sua vontade e acariciou sua parte íntima.

    Os policiais foram até a casa do autor e em conversa com a mãe dele, a mulher disse que seu filho já havia sido preso por pedofilia em 2012 em uma operação da Polícia Federal. O homem confirmou a informação, dizendo que ficou preso durante um período e tem vergonha de seu passado.

    Diante todo exposto, foi dado voz de prisão em flagrante ao homem e encaminhado para delegacia para providências cabíveis pela autoridade policial.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]