Filhos confessam ter matado pai 89 anos; investigações apontam que a aposentadoria do idoso motivou o crime

Os filhos de Alonço, Miguelito Ortiz Cabreira, de 21 anos e Michelle Cabreira Ortiz, de 23, confessaram o crime

Por Plox

01/12/2022 13h05 - Atualizado há mais de 1 ano

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul informou que os filhos de idoso de 89 anos, confessaram ter matado o pai. Alonço Cabreira foi encontrado morto em uma pedreira na cidade de Dourados, na tarde dessa quarta-feira (30). De acordo com as investigações, o crime teria sido cometido por causa do dinheiro da aposentadoria do idoso.

Segundo o G1, o delegado que acompanha o caso, Erasmo Cubas, informou que o idoso foi vítima de latrocínio - homicídio com objetivo de roubo, ou roubo seguido de morte. À polícia, os filhos de Alonço, Miguelito Ortiz Cabreira, de 21 anos e Michelle Cabreira Ortiz, de 23, confessaram o crime e relataram ter tido ajuda de Roger Amarília Snardi, de 19 anos, genro da vítima. 

Os três envolvidos no crime foram presos e vão responder por ocultação de cadáver e latrocínio. 

Idoso desaparecido

O idoso estava desaparecido desde segunda-feira (28), quando teria ido almoçar na casa de um filho. Nesta quarta-feira, o corpo da vítima foi encontrado por crianças que passeavam pela pedreira.

Em agosto de 2021, a filha da vítima, de 11 anos, foi estuprada e assassinada ao ser jogada da mesma pedreira.


 

Destaques