Brasil

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Médica esquece toalhas dentro de paciente durante cesariana em João Monlevade

    Mulher será indenizada em R$ 40 mil

    Por Plox

    01/12/2022 08h41 - Atualizado há cerca de 1 ano

    Uma mulher receberá indenização de R$ 30 mil por danos morais e R$ 10 mil por danos estéticos devido à negligência médica por toalhas e gaze deixados em seu corpo durante uma cesariana realizada em um hospital de João Monlevade, em 2012. Além da indenização, ela receberá de volta os custos com honorários, que serão pagos pela médica responsável pela cirurgia e pelo hospital. O caso foi julgado em 2ª instância no dia 23/11.

    Em 2012, a autora da ação engravidou de seu terceiro filho e teve uma gestação complicada, que exigiu um acompanhamento semanal. A criança nasceu em 7/9 daquele ano por meio de cesariana. A cirurgia também teve complicações, incluindo hemorragia da paciente e, após os procedimentos, ela foi encaminhada ao quarto, mas continuou a sentir fortes dores abdominais do lado esquerdo do corpo.

    Foto: Ilustrativa

     

    Após a alta hospitalar, ela continuou sentindo dores cada vez mais fortes, detectou um calombo estranho em seu corpo e precisou de ajuda externa para realizar as tarefas básicas do dia a dia. Em novembro de 2012, a autora se dirigiu a outro hospital local, onde realizou exames que constataram objetos estranhos dentro de sua barriga, sendo necessária a realização urgente de cirurgia. Foram retirados de sua barriga uma gaze, toalhas e resto de placenta durante o procedimento.

    O julgamento foi realizado na 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) pelos desembargadores Rogério Medeiros (relator) e José de Carvalho Barbosa.
     

    Fonte: TJMG
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]