Brasil

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Unidades de saúde intensificam ações contra a aids em Santana do Paraíso

    Campanha visa ampliar a oferta de testes rápidos e intensificar as orientações

    Por Plox

    01/12/2022 10h47 - Atualizado há mais de 1 ano

    Dezembro recebe uma cor especial: o vermelho. Em alusão ao Dia Mundial de Combate à Aids, lembrado no dia 1°, o mês é dedicado a intensificação de ações voltadas à conscientização e orientação da população. Em Santana do Paraíso, nos dias 1 e 2 de dezembro, além de palestras, as unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF) ofertarão testes rápido para HIV, Síflis e Hepatites B e C. O usuário passará por uma consulta de enfermagem e/ou médica para avaliar a indicação e realização do teste.

    Já no sábado (3), ocorrerá o Dia D nas unidades do Centro e Industrial Azul, de 8h às 12h. Neste dia serão realizados palestras, aconselhamentos pré-teste, oferta de exames de IST’s/HIV e atendimento médico pós-teste, no qual será entregue o resultado do exame ao paciente. Os usuários deverão comparecer às unidades portando documento oficial com foto e cartão nacional do SUS
    para o atendimento.

    O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece testes para diagnóstico do HIV/Aids, Sífilis e hepatites B e C. Existem, no Brasil, dois tipos de testes: os exames laboratoriais e os testes rápidos. Os testes rápidos são práticos e de fácil execução; podem ser realizados com a coleta de uma gota de sangue e o resultado é liberado no máximo em 30 minutos. No caso das gestantes e parcerias sexuais é importante que o teste seja realizado durante o pré-natal.

    Transmissão
    A transmissão do HIV se dá principalmente por via sexual - seja ela anal vaginal ou oral. Ainda pode ser transmitida por meio da transfusão de sangue contaminado e seus derivados; através do uso de drogas injetáveis e compartilhamento de instrumentos que furam ou cortam não esterilizados, canudos e cachimbos; ou por meio da transmissão vertical de mãe para filho. O paciente poderá estar assintomático (sem sintomas) e transmitir o vírus do HIV.

    Por outro lado, o vírus do HIV não se transmite através do beijo, abraço, aperto de mão, nem por meio do uso de copos e talheres compartilhados, piscina ou sauna.

    Sintomas
    Os primeiros sintomas são muito parecidos com os de uma gripe, como febre, cansaço excessivo, ínguas inflamadas e mal-estar. Por isso, a maioria dos casos passa despercebida. Alguns anos depois, o HIV pode provocar uma síndrome conhecida como AIDS, que é caracterizada por um grande enfraquecimento do sistema imune, aparecendo sintomas como febre alta constante, suores noturnos frequentes, manchas vermelhas na pele, tosse persistente, manchas brancas na língua e boca, feridas na região genital, diarreia e perda de peso.

    Prevenção
    Use preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais;
    Não compartilhe agulhas, seringas, canudos ou cachimbos;
    Fique atento ao uso de material esterilizado na aplicação de tatuagens e piercings;
    Realize o pré-natal com exames regulares durante a gestação;
    Verifique o uso de materiais esterilizados em clínicas odontológicas, manicures e barbearias;

    Evite o uso abusivo de álcool e outras drogas ilícitas. Elas podem alterar o nível de consciência do indivíduo e a capacidade de tomar decisões sobre a forma de se proteger.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]