Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Plox acompanha posse de Bolsonaro em Brasília 

    O ex-deputado iniciou sua atuação como presidente da República 

    Por Plox

    02/01/2019 12h35 - Atualizado há quase 3 anos

    Teve início por volta das 14h30 dessa terça-feira (1), em Brasília, a cerimônia de posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). 

    O Plox acompanhou a solenidade e a participação popular, que incluiu brasileiros vindos de várias partes do país.

    Bolsonaro desfilou em carro aberto, no veículo tradicional dos desfiles de presidente da República, da Catedral Metropolitana de Brasília até o Congresso Nacional. Jair Bolsonaro, a primeira dama Michele Bolsonaro e o vice-presidente General Mourão, ao lado de sua esposa, subiram juntos a rampa do Palácio e foram recepcionados pelo presidente do Senado Eunício Oliveira e sua mulher, Mônica Paes de Andrade, e pelo presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia e sua mulher, Patrícia Maia.

    primeira dama
    Presidente eleito Jair Bolsonaro chega ao Congresso Nacional para solenidade de posse - Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

    Clique para ver o vídeo


    Após este percurso, Bolsonaro seguiu para o plenário da Câmara Federal para a sessão solene, onde assinou o livro dos presidentes do Brasil e tomou posse.

    Em seu discurso, Bolsonaro diz que voltou à Casa não mais como deputado, mas como Presidente da República. Ele afirma estar fortalecido, emocionado e agradecido aos brasileiros, que lhe confiaram a missão de governar o Brasil.

    "Temos uma oportunidade única de resgatar o nosso país e a esperança de nossos compatriotas. Se tivermos a sabedoria de ouvir a voz do povo, teremos êxito em nossos objetivos. Vamos unir o povo, valorizar as famílias e nossas tradições judaico-cristão. O Brasil voltará a ser um país livre de amarras ideológicas", disse o presidente.

    bolsonaro
    O presidente Jair Bolsonaro, a primeira-dama Michelle Bolsonaro, o vice-presidente Hamilton Mourão e a esposa Paula Mourão cumprimentam o público - Marcelo Camargo/Agência Brasil
     

    O novo presidente da República foi bastante aplaudido pelo público que acompanhou a cerimônia de posse por telões na Praça dos Três Poderes em três e ouviram o discurso no Plenário da Câmara, quando criticou a irresponsabilidade econômica de governos anteriores, quando se comprometeu a combater a chamada ideologia de gênero nas escolas e a livrar o país das “amarras ideológicas” e ao repetir o lema “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”, popularizado na campanha eleitoral.

    Após seu discurso na Câmara, o presidente empossado se dirigiu ao gabinete do presidente do Senado Federal, onde permaneceu por um bom tempo descansando e aguardando a chegada dos chefes de Estados e autoridades convidadas.

    Passagem da faixa presidencial

    Bolsonaro se dirigiu, junto da primeira dama, do vice General Hamilton Mourão e sua esposa, até o parlatório, onde foi recebido pelo ex-presidente Michel Temer, que passou a faixa presidencial ao novo presidente do Brasil.

    Bolsonaro posse
    Michel Temer e Marcela Temer recebem o presidente Jair Bolsonaro e o vice presidente, Hamilton Mourão, no Palácio do Planalto - Valter Campanato/Agência Brasil
     

    Pronunciamento

    Perante a multidão, a primeira dama quebrou o protocolo e fez um discurso em Libras (linguagem que usa sinais para interagir com deficientes auditivos). O público se emocionou.

    discurso em libras
    A primeira-dama Michelle Bolsonaro fez discurso em Libras no Parlatório do Palácio do Planalto durante solenidade de posse do marido - Marcelo Camargo/Agência Brasil

     

    Após receber a faixa presidencial, Jair Bolsonaro discursou diretamente ao público que acompanhava a cerimônia na Esplanada dos Ministérios. Durante o pronunciamento, Bolsonaro, falou em restabelecer padrões éticos e morais no Brasil. "Podemos, juntos, restabelecer padrões éticos e morais que transformarão o nosso Brasil. A corrupção, os privilégios e as vantagens precisam acabar. Tudo que propusermos e fizermos, a partir de agora, tem um propósito comum e inegociável: os interesses dos brasileiros em primeiro lugar", disse.

    Bolsonaro também saiu em defesa da polícia, instituição que, segundo ele, é punida ao tentar combater o crime. "Vamos propor e implementar as reformas necessárias, vamos desburocratizar, simplificar e tirar o peso de cima de quem trabalha e produz. Também é urgente acabar com a ideologia que protege bandidos e criminaliza policiais. Nossa preocupação será com a segurança das pessoas de bem e da garantia do direito de propriedade e da legítima defesa. Nosso compromisso é valorizar e dar respaldo para todas as forças de segurança", afirmou.

    Bolsonaro chora
    No momento em que foi homenageado com salva de tiros, uma apresentação da Esquadrilha da Fumaça e passou as tropas em revista, o presidente mostrou-se nitidamente emocionado. A imagem clicada registou esse momento. - Fabio Rodrigues Pozzebom
     

    Por fim, Bolsonaro encerrou seu discurso com a frase que embalou sua campanha: "Brasil acima de tudo e Deus acima de todos". E com a bandeira do Brasil em mãos, completou: "essa é a nossa bandeira, que jamais será vermelha. Só será vermelha se for preciso o nosso sangue para mantê-la verde e amarela", finalizou o presidente.

    Apoio popular

    Estava nítido entre os participantes que, muito mais que a preocupação com os problemas econômicos, a maior crítica ao "modo petista", é no que tange às atitudes, descritas pelos presentes como "sem ética, pervertida e imoral". 

    bolsonaro sauda o povo
    Presidente Jair Bolsonaro saudou o público depois de receber a faixa presidencial de Michel Temer, no Palácio do Planalto - Marcelo Camargo/Agência Brasil
     

    A repórter Brenda Colen, agora correspondente do PLOX em Brasília, conversou com pessoas vindas de várias partes do Brasil. Profissionais de imprensa de outros países também acompanharam a posse.

    Brensa ColenFormada em Comunicação Social pela PUC de Goiás em 2011, ela acompanhará ações do novo governo diretamente da capital do país.

    A deputada federal Alê Silva, eleita pelo mesmo partido de Bolsonaro, o PSL, falou da importância desse momento para os rumos do país.

    Ale Silva deputada

    Ela foi mais uma participante que mencionou esse desejo de "retorno aos princípios". Segundo ela, o novo governo é fruto de um "clamor do povo".
     

    familia
    Essa família contou ao PLOX que vieram do Mato Grosso do Sul. Eles são agricultores em Naviraí e percorreram 1400 km até a capital para participar da posse.


    Tayara posse bolsonaro
    Esse grupo veio de Belo Horizonte exclusivamente para participar da posse. Tayara Pimenta Silva, de 30 anos, veio acompanhada do namorado Pedro Alves Ribeiro, de 27.

    Com a tia Mirian Aparecida Alves Tomé de Souza, 56, eles também participaram da cerimônia.

     

    brasil sem abortoEsse grupo, que também comemorou a posse de Bolsonaro, trazia cartazes com frases contra o aborto e o uso de drogas.

     

    reporter internacional

    A imprensa internacional acompanhou a posse, que repercutiu em vários veículos de comunicação. 

     

    pm

    A CB Márcia Guedes contou ao PLOX que é de Poços de Caldas-MG. Ela, que integra um grupo de 480 militares da Força Nacional, disse que tudo transcorreu normalmente. Embora a segurança tenha sido reforçada, os militares se mostravam simpáticos e corteses com os participantes.

     

    Confira a lista de ministros:

    Casa Civil: Onyx Lorenzoni
    Economia: Paulo Guedes
    Defesa: general Fernando Azevedo e Silva
    Ciência e Tecnologia: Marcos Pontes
    Justiça e Segurança: Sérgio Moro
    Agricultura: Tereza Cristina
    Educação: Ricardo Vélez Rodríguez
    Turismo: Marcelo Álvaro Antônio
    Minas e Energia: Almirante de Esquadra Bento Costa Lima
    Relações Exteriores: Ernesto Fraga Araújo
    Desenvolvimento Regional: Gustavo Canuto
    Infraestrutura: Tarcísio Gomes de Freitas
    Segurança Institucional: General Augusto Heleno
    Cidadania e Ação Social: Osmar Terra
    Banco Central: Roberto Campos Neto
    Saúde: Luiz Henrique Mandetta
    Transparência e Controladoria Geral da União: Wagner de Campos Rosário
    Secretaria-Geral da Presidência: Gustavo Bebianno
    Advocacia-Geral da União: André Luiz de Almeida Mendonça
    Secretaria de Governo: General Santos Cruz
    Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos: Damares Alves
    Meio Ambiente: Ricardo de Aquino Salles

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]