Brasil

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Fernando Haddad destaca a necessidade de planejamento para sucessão de Lula no PT

    Ministro da Fazenda reflete sobre futuro político do partido e sua relação com o Congresso

    Por Plox

    02/01/2024 08h58 - Atualizado há cerca de 2 meses

    O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em uma recente entrevista ao jornal "O Globo", destacou a importância do Partido dos Trabalhadores (PT) se preparar para uma eventual sucessão de Luiz Inácio Lula da Silva. Embora Lula seja o consenso dentro do partido para as eleições de 2026, Haddad sublinhou a necessidade de pensar além deste horizonte.

    "O Lula foi três vezes presidente. Provavelmente, será uma quarta", declarou Haddad ao jornal. Ele ponderou sobre o desafio de planejar o futuro do partido após a era Lula, enfatizando a relevância de considerar a dinâmica política pós-2026.

     

     Foto: Ricardo Stuckert/Reprodução

    O papel de Haddad e sua visão política

    Apesar de ser visto como um possível candidato presidencial, Haddad negou estar se posicionando para a candidatura. Ele relembrou sua candidatura em 2018, ocorrida em um contexto de prisão de Lula, e refletiu sobre sua trajetória política e administrativa. "Nos cards de Natal, é sempre 'Viva Lula!'. Haddad é um austericida", comentou, indicando o foco predominante em Lula no partido.

    Haddad também mencionou sua experiência anterior como Ministro da Educação e Prefeito de São Paulo, observando uma valorização de seu trabalho após deixar esses cargos. Ele expressou um desejo similar para seu papel atual como Ministro da Fazenda.

    Interligações com o Congresso Nacional

    A entrevista também abordou a relação do ministro com figuras-chave do Congresso Nacional, como Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados, e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado. Haddad enfatizou o papel crucial desempenhado por esses líderes legislativos durante a transição de governo, destacando uma colaboração efetiva em um contexto de crise política.

    Haddad ressaltou a importância dessa relação para a estabilidade política do país, ilustrando com um episódio de discussão onde enfatizou a necessidade de entendimento para a continuidade das operações governamentais.

    Conclusão

    A entrevista com Fernando Haddad ao "O Globo" oferece um vislumbre dos desafios e considerações enfrentados pelo PT em relação ao seu futuro político e liderança. Enquanto Haddad nega aspirações presidenciais, ele evidencia a importância de um planejamento estratégico e uma forte relação com o Congresso para a continuidade e sucesso político do partido.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]