Ipatinga

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Sobrinho que vivia com Maradona afirma: 'Meu tio não queria viver'

    Johnny Espósito estava com o craque na casa de Tigres e falou pela primeira vez: 'Senti que ele não queria mais, nem queria sair para passear no quintal'

    Por Plox

    02/02/2021 17h29 - Atualizado há 10 meses

    Johnny Espósito, sobrinho de Maradona, falou pela primeira vez após morte do craque ao canal de TV argentino KZO, na madrugada desta terça-feira (2), e surpreendeu a todos com palavras fortes sobre última vez que esteve com o tio vivo um dia antes dele morrer. "Lembro-me de quando me despedi dele e foi dormir. Nesse dia ele estava bem, mas acontece que ele não queria mais viver, não se deixava ajudar. Não sei por que ele não lutou como sempre lutou. Talvez fosse porque ele não conseguia mais chutar uma bola", lembrou.

    sobrinho de Maradona

    Johnny era o sobrinho mais próximo de Maradona e estava morando com o tio na casa em Tigres, onde o ídolo morreu no dia 25 de novembro do ano passado. Emocionado, ele seguiu as lembranças. "Ele falava para mim: já vivi 60 anos e me privei de muitas coisas. Não quero continuar assim. Eu vivi até os 60 anos, é isso, não quero mais. Não sei se já pressentia que ia morrer", contou.

    "Assistíamos TV, muito futebol, o que fazíamos todos os dias, bebíamos mate. Senti que ele não queria mais, nem queria sair para passear no pátio”, explicou muito emocionado o filho da Maria Rosa Maradona, irmã de Maradona.

    Ele revelou até quais foram os últimos jogos de futebol que Maradona viu. "Nesse dia jogaram o River Plate contra o Atlético Paranaense e o Racing com o Flamengo, para a Taça Libertadores. Eu dormia no 1º andar e ele, por comodidade, ficava no rés de chão. À noite, despedi-me dele deviam ser umas 23 horas, e fui dormir. Acordei às 10 da manhã, uma hora depois apareceram os médicos e ele já não reagia. Entrei no quarto e ele estava morto. Acho que ele não sofreu", conta Johnny Espósito.
    Johnny contou como estava Maradona na casa em Tigres, onde estava se recuperando de cirurgia e das crises de abstinência de álcool e remédios. "No início, foi uma bagunça. Ele estava acostumado a sair para fazer compras e não poder mais fazer nada não deve ter sido nada fácil" .

    "Nos últimos dias ele dizia que não queria ser Maradona e queria ser só Diego por um tempo. Se você perguntasse o que ele gostaria de fazer se não fosse Maradona, ele diria para você ir ao supermercado", completou Espósito.

     

    Fonte: https://esportes.r7.com/futebol/fotos/sobrinho-que-vivia-com-maradona-afirma-meu-tio-nao-queria-viver-02022021#!/foto/5
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]