Ipatinga

famosos

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    BBB promove ganho significativo de seguidores no perfil dos participantes

    Empresário e publicitário, comenta o crescimento rápido dos perfis dos ‘brothers’

    Por Plox

    02/02/2022 18h56 - Atualizado há 4 meses

    Há pouco mais de 2 semanas, iniciou-se a edição de 2022 do Big Brother Brasil, o programa de reality show, que desde 2020 vêm se tornando um dos períodos mais aguardados no mundo do entretenimento. O sucesso do programa tomou uma nova proporção após a decisão da direção de incluir pessoas previamente famosas na casa ‘mais vigiada do Brasil’. Porém, com o novo formato consolidado, em pouco tempo, até mesmo os ‘anônimos’ do BBB tornam-se celebridades.

    Foto: Divulgação

     

    Com apenas 2 semanas de jogo, perfis de participantes como Jessilane, Lais, Luciano, Eli e Eslovênia já cresceram seus perfis em pelo menos 500 mil seguidores. Alguns participantes ‘pipoca’ alcançaram, inclusive, a marca de 1 milhão de seguidores no Instagram. O sucesso também é válido para os integrantes do grupo ‘camarote’, o surfista Pedro Scooby, por exemplo, já ganhou mais de 1 milhão de novos fãs, atingindo a marca de 3,1 milhões na plataforma.

    Para Fred Furtado, empresário e publicitário, o Big Brother se tornou uma das principais ferramentas para criar novos influenciadores digitais. “Hoje, influenciar e ter uma conexão com marcas é muito valioso. O BBB pode te transformar em um profissional e uma autoridade sobre determinados assuntos”, explica. Para ele, ao mesmo tempo que isso é algo bom, pode acabar por influenciar na dinâmica do jogo e fazê-lo perder a espontaneidade. “Os participantes sabem que podem ganhar muito mais dinheiro com publicidade, então, o objetivo passa a ser criar uma fanbase e sair do programa famoso. Mas, isso pode deixar o jogo sem graça, pela preocupação com o que os outros estão pensando fora da casa”, pontua.

    De acordo com o especialista, é de senso comum que, atualmente, é mais valioso não ser ‘cancelado’ dentro do reality do que realmente focar no 1,5 milhão que é oferecido lá dentro. “Com milhões de seguidores, os participantes podem faturar o valor do prêmio em meses, como Juliette e Gil do Vigor o fizeram em edições passadas”, afirma. Além disso, Fred chama atenção para o valor do prêmio do Big Brother em si. “Será que o prêmio não está aquém da realidade? Será que, atualmente, não é pouco dinheiro? Para responder isso é necessário avaliar o que pode ser conquistado depois”, questiona.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]