Entenda a lógica por trás da data variável de Carnaval

Por que a terça-feira de carnaval muda a cada ano? Descubra o cálculo por trás da festividade

Por Plox

02/02/2024 10h42 - Atualizado há 4 meses

O Carnaval, uma das festas mais aguardadas no Brasil, tem sua data determinada por um cálculo que envolve a Páscoa, as estações do ano e o calendário lunar. Em 2024, a terça-feira de Carnaval cairá no dia 13 de fevereiro, seguida pela Quarta-feira de Cinzas em 14 de fevereiro, estabelecendo oficialmente o período de festas que precede a Quaresma.

Foto: Plox

A determinação da data do Carnaval começa com a definição do dia da Páscoa, que por sua vez é influenciada pelo equinócio de março. O equinócio, momento em que o dia e a noite têm duração igual, ocorre anualmente em 20 de março. Este evento marca o início do outono no Hemisfério Sul e da primavera no Hemisfério Norte.

Com base no equinócio, a Igreja Católica estipula que a Páscoa deve ser celebrada no primeiro domingo após este fenômeno astronômico. A partir daí, contam-se 40 dias antes do Domingo de Ramos, marcando o início da Semana Santa, para chegar à data do Carnaval, que se celebra 47 dias antes da Páscoa. Essa contagem regressiva é o que confere ao Carnaval sua característica de data móvel, variando a cada ano em função do calendário lunar e das estações.

Foto: Plox

Essa metodologia para calcular a data do Carnaval destaca a intrínseca relação entre celebrações culturais e fenômenos astronômicos, demonstrando como tradições seculares ainda se alinham aos ciclos naturais do planeta. O Carnaval, portanto, além de ser um momento de alegria e festividade, reflete a harmonia entre a humanidade e o universo, guiada por critérios estabelecidos há séculos pela Igreja Católica.

Este mecanismo de datação assegura que a celebração do Carnaval preceda o período da Quaresma, preparando os fiéis para a renovação e reflexão que antecedem a Páscoa, um dos pilares do calendário cristão.

Destaques