Brasil

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Filha pede medidas protetivas contra o pai por abusos sexuais em Minas Gerais

    Jovem de 18 anos denuncia anos de abuso sofridos por ela e sua irmã de 6 anos, desencadeando investigação policial

    Por Plox

    02/02/2024 20h00 - Atualizado há 27 dias

    Na cidade de Itaguara, Minas Gerais, uma jovem corajosamente se apresentou à polícia para denunciar uma série de abusos sexuais cometidos pelo próprio pai, que afetaram não apenas a ela desde os 9 anos de idade mas também sua irmã mais nova, atualmente com 6 anos. A Polícia Civil do estado está agora investigando essas graves acusações, lançando luz sobre os horrores do abuso intrafamiliar e a difícil jornada das vítimas em busca de justiça e proteção.

    Uma História de Coerção e Medo

    Segundo a denúncia, o pai impunha uma rotina de abusos que incluía atos cometidos durante banhos conjuntos, sob ameaças de morte caso as violências fossem reveladas. A jovem detalhou como, aos 11 anos, conseguiu resistir a uma tentativa de violação mais grave, o que levou a uma ameaça direta de que, se o pai fosse preso por seus atos, ela e sua mãe passariam fome, ilustrando a manipulação emocional e financeira exercida para manter suas vítimas em silêncio.

    Rompendo o Silêncio

    A vítima manteve os abusos em segredo por anos, motivada pelo medo e pela dependência financeira de sua família em relação ao agressor. A revelação inicial dos abusos ocorreu quando ela confiou em um namorado aos 14 anos e, posteriormente, em sua mãe, o que levou a um confronto com o pai. Ainda assim, ele negou as acusações, e foi somente após essas confissões que os abusos cessaram.

    Investigação e Medidas Protetivas

    Após tomar conhecimento de que sua irmã mais nova também havia sido abusada, a jovem buscou medidas protetivas contra o pai, um pedido agora sob análise judicial. A Polícia Civil confirmou a abertura de um inquérito para apurar os fatos, destacando a seriedade com que tais denúncias são tratadas e a importância da proteção às vítimas de abuso.

     

     


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]