Rússia supera Estados Unidos como principal fornecedor de diesel ao Brasil

Em 2023, metade do diesel importado pelo Brasil teve origem russa, refletindo mudanças no cenário global de energia

Por Plox

02/02/2024 08h19 - Atualizado há 4 meses

Em uma reviravolta significativa no mercado de combustíveis, a Rússia desbancou os Estados Unidos como o maior fornecedor de diesel para o Brasil em 2023. Este desenvolvimento é um reflexo direto dos embargos impostos pelos países europeus à Rússia após o início do conflito na Ucrânia, o que levou o país eslavo a redirecionar suas exportações para mercados alternativos como o Brasil.

Mudança no Fornecimento de Diesel

Durante o ano passado, 50,5% do diesel importado pelo Brasil teve origem na Rússia, enquanto os Estados Unidos contribuíram com apenas 24,5% do total importado. Este cenário marca uma mudança significativa nas dinâmicas de suprimento global, com o Brasil emergindo como o segundo maior cliente do diesel russo, logo após a Turquia.

Impactos e Estratégias

A preferência pelo diesel russo no Brasil é atribuída aos descontos oferecidos pelas refinarias russas, além da dependência europeia das refinarias americanas, que têm direcionado suas vendas para parceiros do Atlântico Norte. Este ajuste nas rotas de comércio tem impactos diretos no preço do diesel no mercado brasileiro, com o produto russo sendo vendido a preços mais competitivos em relação ao americano.

Consequências das Sanções Europeias

As sanções impostas pela Europa à Rússia obrigaram este último a buscar novos mercados para seu diesel, resultando em um aumento de 8,7% nas exportações russas de diesel em 2023, alcançando 50 milhões de toneladas. O Brasil desempenhou um papel crucial neste contexto, absorvendo uma parte significativa dessas exportações.

Diversificação de Fontes

O Brasil, por sua vez, tem diversificado suas fontes de importação de diesel, com um aumento nas compras da Índia e do Oriente Médio, além da Rússia. Este movimento é parte de uma estratégia mais ampla para garantir o abastecimento de combustível no país, especialmente diante da projeção de aumento da demanda caso a economia cresça 3% ao ano.

Futuro do Abastecimento de Diesel

Embora a Rússia tenha se tornado uma fonte crucial de diesel para o Brasil, o país ainda depende de importações para atender cerca de um quarto de sua demanda interna. A Petrobras, a estatal brasileira de petróleo, tem planos de aumentar a produção nacional de diesel, incluindo a ampliação e modernização de refinarias, para reduzir a dependência das importações.

Destaques