Publicidade

ASSISTA: 299 mortos por Covid-19 no Brasil, 1 milhão de pessoas contaminadas no mundo, novas medidas e mais

02/04/2020 22:35

Publicidade

Na coletiva de imprensa realizada hoje (2), no Palácio do Planalto, em Brasília-DF, sobre ações do Governo Federal no enfrentamento do coronavírus, participaram a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, de Minas e Energia, Bento Albuquerque, da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e da Casa Civil, Braga Netto. 

O Ministério da Saúde vai cadastrar cerca de cinco milhões de profissionais de saúde entre Médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais e até veterinários e profissionais de educação que poderão atuar em todo país no combate ao coronavírus.

O reforço é para auxiliar os gestores do Sistema Único de Saúde (SUS) nas ações de enfrentamento da covid-19, aproveitando a capacidade de trabalho desses profissionais. 

Mandetta disse que os profissionais de saúde devem preencher um cadastro online do Ministério da Saúde e passarão por treinamento. 

O Ministro da Saúde disse ainda que, a partir de agora, 100% das informações sobre os repasse aos estados estão disponíveis para consulta. 

A ministra Damares pediu cuidado redobrado com as crianças em casa por conta de acidentes domésticos. A partir de amanhã, estará disponível uma cartilha de orientações. Ela disse que são 97 iniciativas de seu ministério em relação a pandemia. 

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, disse que estão verificando a viabilidade de hospedar os profissionais de saúde em hotéis próximos a hospitais.

299 pessoas já morreram pela Covid-19 no Brasil. Em 24 horas, foram mais 58 mortes causadas pelo novo coronavírus.

Até agora, 7.910 casos foram confirmados pelo Ministério da Saúde. 

As grandes metrópoles do Mundo tendem a sofrer mais com a pandemia. Assim, como Nova York nos Estados Unidos, São Paulo vem sendo a cidade mais afetada no país, acumulando sozinha 2.815 casos e 164 mortes, de acordo com o último boletim, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde. 

O número de pacientes em estado graves nas UTI’s do estado de São Paulo, com coronavírus, aumentou 31% em 24 horas. Trezentas e trintas e sete pessoas estão em UTI’s, com estado de saúde que inspira cuidados especiais.

O novo coronavírus já contaminou mais de 1 milhão de pessoas em todo o planeta. Os números são da Universidade Johns Hopkins. Mais de 50 mil pessoas já morreram no mundo devido às complicações causadas pela Covid-19. 

O maior problema é que devido a incidência de casos assintomáticos, o número real de pessoas contaminadas pode ser até 10 vezes maior do que o conhecido, de acordo com estudos realizados em diversos países.


Essa subnotificação também acontece devido a baixa quantidade de testes disponíveis. 

De acordo com o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira, do Ministério da Saúde, o novo coronavírus pode ter chegado ao Brasil cerca de 1 mês antes do primeiro caso conhecido. Até então, o primeiro caso confirmado no país foi o de um homem de 61 anos que estava na Itália e voltou para São Paulo. Este caso foi confirmado no dia 26 de fevereiro. No entanto, uma investigação da pasta mostrou que outro pode ter sido registrado no dia 23 de janeiro.



Publicidade