Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Quadrilha é presa em Ipatinga após aplicar golpe em cerca de 60 pessoas

    Suspeitos prometiam contemplação de cartas de crédito em um curto espaço de tempo

    Por Plox

    02/04/2021 00h29 - Atualizado há 5 meses

    Uma quadrilha de estelionatários, composta por três homens e quatro mulheres, foi presa na noite desta quinta-feira (1) em Ipatinga-MG. Os detidos são suspeitos de dar o "Golpe do Consórcio" em pelo menos 59 pessoas no Vale do Aço. A Polícia não descarta a possibilidade de mais vítimas.

    A PM apreendeu 59 contratos com a quadrilha. Foto: Danielle Soares

     

    Segundo o tenente Lindomar Almeida, uma vítima procurou a PM afirmando ter sido vítima de golpe. Os militares montaram uma operação e foram até o local denunciado, uma empresa denominada Inovare Crédito e Consórcio, situada na rua Milton Campos, no bairro Cidade Nobre. Chegando no endereço, os indivíduos tentaram fugir, porém foram abordados e conduzidos até o posto policial no bairro Iguaçu.

    Veja a entrevista com uma das vítimas, que não quis ser identificada, alegando ter tido prejuízo de R$ 10 mil:

     

    "São pessoas que fazem parte de uma quadrilha, vendem consórcio, recebem um valor de entrada através de transferência bancária ou dinheiro vivo. E após dar um certo prazo de que a carta de crédito seria contemplada, elas saem da cidade e se instalam em outro local para aplicar novos golpes", afirma o tenente.

    Além dos contratos de consórcio, a PM recolheu dinheiro, notebooks, cartões de créditos, celulares e contrato de locação do imóvel. Foto: Danielle Soares

     

    Ainda segundo a PM, os suspeitos ficam na determinada localidade para conseguir o maior número possível de vítimas ou se perceberem que poderão ser presos eles fogem para outra cidade ou até mesmo outro estado. Para isso, eles já possuem veículos em condições de fuga com objetos pessoais. 

    As informações dão conta de que a quadrilha atuava em Ipatinga desde o início do mês de fevereiro deste ano. Todos possuem passagens por estelionato e, aparentemente, atuaram em outros estados, inclusive, uma das mulheres possui passagem no Estado de Goiás. Outras pessoas podem estar envolvidas, já que na empresa foi encontrada uma lista com nome de 11 atendentes.

    No momento do registro da ocorrência, várias pessoas chegaram até o posto relatando serem vítimas do golpe. A Polícia enfatiza que todas as vítimas podem procurar a unidade policial para prestar depoimento. 

    Veja entrevista completa com o ten Lindomar:

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]