Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Condenado por homicídios em Caratinga é preso pela polícia em cidade da Bahia

    Ele estava foragido desde o dia 1º de julho do ano passado, quando saiu da prisão de forma temporária, para se submeter a uma cirurgia, e não mais retornou

    Por Plox

    02/04/2022 11h35 - Atualizado há 27 dias

    Nesta semana, uma equipe da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) localizou e prendeu um homem, de 58 anos, conhecido como Homem-Aranha, no município de em Mucuri, no Sul da Bahia. Policiais da Delegacia Regional em Caratinga, região mineira do Rio Doce, viajaram até a cidade baiana para cumprir o mandado.

    De acordo com o delegado da PCMG, Luiz Eduardo, o homem possui três condenações por homicídios, com ocultação de cadáveres, somando 75 anos de prisão. Os crimes foram cometidos em 2002. Ele estava foragido desde o dia 1º de julho do ano passado, quando saiu da prisão de forma temporária, para se submeter a uma cirurgia, e não mais retornou.

    Após a prisão, o condenado foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil em Mucuri, onde foram formalizados os procedimentos para cumprimento do mandado judicial. Em seguida, ele seguiu para o sistema prisional baiano, onde permanece à disposição da Justiça.

    Homicídios

    No primeiro crime, ocorrido no dia 24 de dezembro de 2002, a vítima, de 26 anos, ficou desaparecida por alguns dias, até partes do seu corpo serem encontradas, parcialmente queimadas, na zona rural de Caratinga. Inicialmente ele negou, mas, após a polícia encontrar o corpo da vítima, acabou assumindo a autoria do crime. Por esse homicídio ele foi condenado a 27 anos de prisão, em 2004.

    Ainda em 2002, o desaparecimento de duas meninas, ambas de 10 anos, gerou comoção na cidade. As famílias das crianças fizeram vários apelos, até mesmo em carros de som, pedindo informações sobre as meninas. No entanto, somente três anos depois, os corpos das duas foram encontrados enterrados em uma horta, na casa do investigado. 

    Mais uma vez o homem negou o crime, mas as investigações da PCMG não deixaram dúvidas sobre a autoria. Por esses dois homicídios, ele foi condenado a 48 anos de prisão, em 28 de abril de 2011.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]