Brasil

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    PSG afasta Messi por duas semanas após viagem sem autorização

    A falta de permissão para a viagem e a reação do clube geram desconforto entre jogadores e diretoria

    Por Plox

    02/05/2023 18h23 - Atualizado há 10 meses

    A ida de Lionel Messi à Arábia Saudita resultou em uma suspensão de duas semanas para o jogador. Conforme noticiado pela imprensa europeia na terça-feira, a diretoria do Paris Saint-Germain não ficou satisfeita com a viagem ao país do Oriente Médio, que possui uma relação problemática com o Catar. A suspensão tem efeito imediato, afastando Messi de treinos e jogos, bem como impactando seu salário no período. Esse episódio parece ter encerrado a relação entre Messi e o PSG, já que a imprensa francesa afirma que o clube não renovará o contrato com o argentino, previsto para terminar em junho deste ano. Segundo o jornalista Fabrizio Romano, a equipe responsável pelo jogador aguarda um comunicado oficial do clube para se pronunciar.

    Foto: reprodução Instagram

     

    Viagem não autorizada e tensões no elenco do PSG

    De acordo com os veículos franceses, Messi viajou à Arábia Saudita na última segunda-feira sem autorização. A decisão de suspendê-lo teria partido principalmente do presidente Nasser al-Khelaïfi. O jornal L'Équipe informou que o técnico Christophe Galtier convocou o elenco para uma reunião, já que a polêmica estaria incomodando outros jogadores e o diretor Luis Campos.

    O PSG só concederia dois dias consecutivos de folga em caso de vitória na 33ª rodada da liga nacional. Entretanto, a derrota para o Lorient manteve os treinos agendados para a manhã de segunda-feira, e somente terça-feira seria de folga. Contudo, Messi já tinha a visita à Arábia Saudita planejada, gerando o conflito.

    Futuro incerto de Messi após polêmicas e suspensão

    Com a suspensão, Messi só retornaria aos gramados na 36ª rodada, contra o Auxerre, nos últimos três jogos do Campeonato Francês. O astro de 35 anos já havia adiado duas vezes a viagem devido aos resultados negativos do PSG, como as duas derrotas para o Bayern de Munique nas oitavas de final da Champions League. Desde março do ano passado, Messi ocupa o cargo de embaixador do turismo na Arábia Saudita, o que gerou controvérsias.

    Ainda sem definição sobre seu futuro em Paris, Messi teve seu nome associado ao Al-Hilal, que estaria disposto a pagar 400 milhões de euros por ano. Seu contrato atual com o PSG termina no próximo mês.

    O Paris Saint-Germain lidera o Campeonato Francês com 75 pontos, cinco a mais que o segundo colocado Olympique de Marselha.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]