Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    "Estamos entre o lockdown e a saturação dos leitos", afirma Nardyello

    O prefeito explicou que a decisão de suspender temporariamente o funcionamento do comércio

    Por Plox

    02/06/2020 16h41 - Atualizado há mais de 1 ano

    Ipatinga apresentou nesta segunda-feira (1), as medidas impostas no novo decreto que suspende as atividades não essenciais do comércio até o próximo dia 10. O prefeito Nardyello Rocha explicou que a decisão de suspender temporariamente o funcionamento do comércio, é um meio termo encontrado, para evitar que a cidade precise tomar uma atitude mais drástica, como a adoção de um ‘lockdown’, já cumprido em muitas cidades do país. 

    “Hoje, o número de infectados em Ipatinga já representa uma relação de 1.030 para cada milhão de habitantes, e para o município aderir ao ‘lockdown’ bastaria que o quantitativo fosse acima de 750 para um milhão. Ipatinga já ultrapassou e muito a taxa máxima para adoção dessa medida. Porém, entendemos que optar por esse confinamento total poderia significar a eliminação completa dos CNPJ. Sabemos que a culpa dos números na cidade não é do comércio, mas acontece que ele acaba sendo um atrativo para aglomerações”, explica o chefe do Executivo. 

    IMG 9043Foto: Divulgação PMI
     

    Situação epidemiológica 

    Durante o encontro do Comitê Gestor de Crise, a secretária de Saúde de Ipatinga, Érica Dias, ao lado do prefeito Nardyello Rocha e de outros médicos que compõem o quadro de servidores do município na área, apresentou o nível de infecção da região por milhão de habitantes. No Vale do Aço, considerando as quatro maiores cidades (Ipatinga, Coronel Fabriciano, Santana do Paraíso e Timóteo), a relação também é muito alta e preocupante: de 924 para cada milhão de habitantes. 

    A responsável pela pasta da Saúde no município e presidente do Comitê ressalta que outro fator preocupante na cidade é a taxa de ocupação de leitos. Nessa segunda-feira, 100% dos leitos de UTI do Hospital Municipal foram ocupados. Considerando também o Hospital Márcio Cunha, os leitos de Covid-19 SUS alcançam a marca de 97% de ocupação. 

    Hospital de Campanha

    Devido às dificuldades para compra de respiradores – item essencial para compor um leito de UTI –, o Hospital de Campanha que deve ser implementado até o fim desta semana no município. Ele contará momentaneamente apenas com leitos de Enfermaria. Contudo, Ipatinga conseguiu alugar 20 ventiladores para uso durante seis meses.

    fghdfjhjFoto: Divulgação PMI
     

    Em casos menos graves, o equipamento poderá ser utilizado no atendimento a pacientes com Covid.

    O prefeito explica que não deu início às atividades do Hospital de Campanha porque a taxa de ocupação da Enfermaria Covid-19 ainda está em 40% no HMEM. 

    “Não se justificava criar o hospital nos meses anteriores porque, com a indisponibilidade de respiradores, ele irá funcionar com leitos de Enfermaria, cuja taxa de ocupação, mesmo nesta segunda-feira (1), ainda se encontra moderada. Se montássemos hoje, na prática ele também não teria validade alguma”, complementou Nardyello. 
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]