Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Polícia prende casal suspeito de furto em Coronel Fabriciano

    Segundo a PM, o homem tentou fugir, mas foi alcançado e capturado pelos militares

    Por Plox

    02/07/2021 12h57 - Atualizado há 4 meses

    Nessa quinta-feira (1), uma mulher teve o celular furtado em Coronel Fabriciano, Minas Gerais. Um casal que era acusado do crime foi detido e o homem assumiu a autoria do delito aos policiais.

    Segundo a Polícia Militar, a vítima relatou que transitava pela avenida Magalhães Pinto e, ao passar próximo a uma farmácia, visualizou um casal aparentemente discutindo. Ela continuou caminhando e em dado momento, um indivíduo, que seria o mesmo que estava discutindo com a mulher, puxou seu aparelho celular, que estava no bolso, e o casal fugiu, sentido a rua Salinas.

    Os policiais então iniciaram rastreamento e localizaram uma mulher, que estava trajando roupa descrita por testemunhas do crime. Com a acusada foi localizada uma faca e, ao ser questionada sobre o furto, ela relatou aos militares que estava transitando com o namorado e ele teria pegado o celular da vítima.

    Crime ocorreu na avenida Magalhães Pinto. Foto: reprodução/ Google Street View

     

    Os militares continuaram as diligências e localizaram o indivíduo. De acordo com os militares, ao ser dado ordem para colocar a mão na cabeça, o suspeito iniciou fuga, foi perseguido e capturado pelos policiais.

    Durante busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado, porém, durante varredura nas imediações do local da abordagem, foi localizado um aparelho celular, que seria o mesmo roubado da vítima. A Polícia Militar informou que o suspeito foi questionado sobre o crime e assumiu que havia acabado de subtrair o celular.

    O acusado apresentava pequenas escoriações pelo corpo, em virtude da queda sofrida enquanto fugia dos policiais. Sendo assim, foi encaminhado ao Hospital José Maria Morais, para receber atendimento médico.

    Diante dos fatos, os suspeitos foram detidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]