Homem é preso após dirigir embriagado e bater carro em poste de iluminação em Ipatinga

Os militares informaram que de longe perceberam o hálito etílico forte, desordem em suas vestes e o andar cambaleante do motorista

Por Plox

02/07/2023 10h46 - Atualizado há 11 meses

Na madrugada deste domingo (2), um homem de 34 anos foi preso após colidir um Corsa de cor roxa contra um poste de iluminação de ferro e um poste onde fica o semáforo para ciclistas que utilizam a ciclovia na avenida Selim José de Salles, no bairro Canaã, em Ipatinga, no Vale do Aço.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o condutor estava sob efeitos de bebida alcoólica. Os militares informaram que de longe perceberam o hálito etílico forte, desordem em suas vestes e o andar cambaleante do motorista. Além disso, ele não sabia onde estava, nem o que havia ocorrido. 

Ao ser questionado se ele havia feito uso de bebida alcoólica, o mesmo respondeu que havia bebido apenas "dois litrão de Brahma e cinco garrafas de Heineken". O homem foi convidado a ser submetido ao teste para identificação de alcoolemia, tendo se prontificado de livre e espontânea vontade, cuja a medida aferida foi de 0,84 mg/l de álcool por litro de ar alveolar, o que caracteriza a infração do art. 165 da lei 9.503/97, “dirigir sob a influência de álcool ou de substância que determine dependência”.

 Diante do exposto, foi dada voz de prisão ao condutor do veículo, em tese, pela prática do crime previsto no art. 306 do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), “conduzir veículo sob influência de efeito de álcool ou substância psicoativa que determine dependência”, e art. 309, “dirigir veículo automotor, em via pública, sem a devida permissão para dirigir ou habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano”.

Foram lavrados os autos de infração de transito referentes às infrações cometidas. Como o infrator não apresentou um condutor habilitado para assumir a posse do veiculo, e para evitar outro acidente no local e garantir a segurança dos demais motoristas, e ainda, para proteger o bem móvel do condutor, o carro foi removido ao pátio credenciado pelo guincho. O condutor sofreu um pequeno corte na boca e recusou atendimento do medico na upa do bairro Canaã.


 

Destaques