Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Gari que presenciou tragédia da Vale será indenizado em R$ 100 mil

    Homem afirmou que foi diagnosticado com estresse pós-traumático após ver a passagem do mar de lama em Brumadinho

    Por Plox

    02/08/2021 14h08 - Atualizado há 3 meses

    A Vale foi condenada, em primeira instância, a pagar R$ 100 mil a um gari que presenciou o rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, em janeiro de 2019. O homem alegou sofrer de estresse pós-traumático.

    De acordo com a decisão, o trabalhador estava trabalhando próximo à Pousada Nova Estância, quando viu a passagem dos rejeitos de minério passar. Assustado, o gari precisou abrigar-se em área mais alta e distante, como meio de evitar ser atingido pela lama.

    Homem esperou por horas até poder sair do local da tragédia. Foto: reprodução/ Pixabay

     

    Nesse local, ele aguardou por horas até que pudesse retornar para Brumadinho, utilizando caminhos alternativos. Segundo o homem, toda a situação lhe causou um quadro clínico de estresse pós-traumático. Por essa razão, ele entrou na Justiça para pedir indenização por danos morais.

    A juíza da 2ª Vara Cível Criminal e de Execuções Penais da Comarca de Brumadinho, Renata Nascimento Borges, entendeu que o gari deverá ser indenizado em R$ 100 mil. No texto, ela explica que a quantia "não é irrisória nem causa enriquecimento ilícito".

    Na Justiça, a Vale defendeu que o trabalhador não apresentou provas de que realmente estava no local durante o rompimento da barragem. Além disso, a empresa afirmou que realiza diversas medidas para minimizar os danos causados pela destruição na cidade.

    Renata, no entanto, pontuou que esse trabalho não exclui a responsabilidade da mineradora em outros casos.

    Em nota, a Vale informou que respeita a decisão do judiciário e, no momento, avalia os critérios utilizados na sentença. “A empresa permanece comprometida em indenizar de forma rápida e definitiva todos os impactados pelo rompimento da barragem. Até o momento, aproximadamente R$ 2 bilhões foram pagos em indenizações individuais, abrangendo 10,6 mil pessoas”, disse.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]