Brasil

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Homem recebe pena máxima por matar ex-companheira na presença da filha

    . Após o ato, Ramon fugiu do local em uma motocicleta, sendo capturado apenas três meses depois

    Por Plox

    02/08/2023 09h06 - Atualizado há 7 meses

    Em um acontecimento que abalou a cidade de Belo Horizonte, Ramon Basílio Chaves foi sentenciado a 28 anos de prisão pelo assassinato de sua ex-companheira, Alice Moreira Santos. A brutalidade do crime, ocorrido em plena luz do dia no bairro Alto Vera Cruz, chamou a atenção não só pelo ato em si, mas também pelo local onde aconteceu: diante dos olhos da filha de apenas 8 anos do casal.

    Foto: Arquivo pessoal/Reprodução

    Este julgamento, que teve seu encerramento na última terça-feira (1º) no Fórum Lafayette, reconheceu a gravidade dos atos de Chaves, condenando-o por homicídio qualificado e feminicídio. Além disso, a pena foi agravada devido à presença da criança no momento do crime.

     

    Foto: Redes Sociais

     

    Motivações e confissões no tribunal

    As circunstâncias que levaram a esse desfecho fatal começaram a ser reveladas no tribunal. Ramon Basílio Chaves, sem hesitar, admitiu durante o julgamento que foi o autor dos disparos que tiraram a vida de Alice. As motivações por trás de seu ato cruel eram diversas, mas uma em particular chamou a atenção: o desagrado com as postagens que Alice fazia nas redes sociais. Ele mencionou, especificamente, uma postagem dela em um baile funk na noite anterior ao crime. Chaves relatou ao tribunal que, devido a essas e outras questões, havia ameaçado a vítima em várias ocasiões.

    O caso ainda apresentou outros contornos preocupantes. Antes do crime, Alice foi alvo de cinco disparos enquanto caminhava com sua filha por uma calçada no bairro Alto Vera Cruz. Após o ato, Ramon fugiu do local em uma motocicleta, sendo capturado apenas três meses depois. A ironia trágica deste caso é que Ramon já tinha histórico prisional, tendo sido libertado da prisão em julho de 2021. Por decisão judicial, na época, ele estava em regime de prisão domiciliar.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]