Brasil

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Pequim submersa: Intensas chuvas registram recordes e deixam 20 mortos na capital chinesa

    Uma grande equipe de socorristas da Cruz Vermelha foi despachada para as regiões mais devastadas para auxiliar as vítimas e iniciar a limpeza das áreas

    Por Plox

    02/08/2023 08h18 - Atualizado há 7 meses

    Pequim, a capital chinesa, experimentou nas últimas semanas um evento climático avassalador, com chuvas tão intensas que não eram registradas há 140 anos. Com início no sábado, a tempestade depositou na cidade um volume de água correspondente ao esperado para todo o mês de julho em apenas 40 horas. De acordo com o Serviço Meteorológico de Pequim, esta tempestade alcançou um pico impressionante de 744,8 milímetros, superando o antigo recorde de 609 milímetros, datado de 1891.

     

     

     

     

    Foto: AFP/Reprodução

    Consequências devastadoras da tempestade

    A magnitude da precipitação na região resultou em tragédias: pelo menos 20 vidas foram perdidas devido às inundações letais. Em detalhamento da situação, o canal estatal CCTV relatou na terça-feira que as inundações causaram a morte de 11 pessoas em Pequim e deixaram outras 13 desaparecidas. Já na província adjacente de Hebei, nove indivíduos perderam suas vidas, enquanto seis continuam desaparecidos. Os estragos forçaram aproximadamente 800.000 residentes de Hebei a deixar suas moradias.

    Testemunhos no distrito de Fangshan, em Pequim, perto da fronteira com Hebei, relataram um cenário de devastação, com um parque completamente submerso e montanhas de detritos acumulados nas proximidades de uma ponte. O município de Zhuozhou, em Hebei, também foi gravemente afetado, com extensas áreas inundadas e interrupções no fornecimento de água e eletricidade.

     

    Resposta do governo e situação atual

    Em meio ao caos, as autoridades têm trabalhado incansavelmente. Após avaliações recentes, o alerta vermelho para inundações foi suspenso na capital, pois "o fluxo na maioria dos rios voltou a ficar abaixo do sinal de alarme", conforme compartilhado pela agência estatal de notícias Xinhua. No entanto, o foco atual é resgatar os afetados. Uma grande equipe de socorristas da Cruz Vermelha foi despachada para as regiões mais devastadas para auxiliar as vítimas e iniciar a limpeza das áreas. O presidente Xi Jinping enfatizou a necessidade de "todos os esforços possíveis" para minimizar mais perdas humanas e localizar os desaparecidos.

     

    Clima extremo na China

    Este evento catastrófico se insere em um contexto mais amplo de fenômenos meteorológicos extremos que têm assolado a China neste verão do hemisfério norte. Além das chuvas recordes, a nação também enfrentou tempestades e picos de temperatura. A mudança climática é apontada por cientistas como um fator que intensifica e aumenta a frequência desses eventos. Em meio a este cenário, a China permanece em alerta para a aproximação de mais um tufão pela costa leste, o sexto a ameaçar o país este ano.

     

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]