Brasil

bichos

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Timóteo e Santana do Paraíso promovem campanhas de vacinação antirrábica; veja programação

    Em Paraíso, a campanha iniciou nessa terça-feira (2) e vai até setembro. Timóteo concentrará os esforços na vacinação nos dias de agosto e 2 de setembro

    Por Matheus Valadares

    02/08/2023 12h05 - Atualizado há 7 meses

    As prefeituras de Santana do Paraíso e Timóteo, no Vale do Aço, divulgaram na manhã desta quarta-feira (2), o calendário da Campanha Antirrábica 2023, que serão realizadas pelo Setor de Zoonoses de cada município. Veja a programação:

    Causada por vírus do gênero Lyssavirus, a raiva é uma doença contagiosa considerada grave, com alto nível de letalidade. Foto: Divulgação.

     

    Santana do Paraíso

    Em Paraíso, a vacinação de cães e gatos será feita nas residências e terá duração de um mês, sendo que iniciou ontem (1º) e vai até o dia 2 de setembro. Os munícipes que não forem encontrados em casa devem entrar em contato com o Setor de Zoonoses das 8h às 11h, de segunda a sexta-feira e realizar o agendamento da vacina através do telefone (31) 3251-7554.

    Calendário

    1ª e 2ª semana — zona rural e zona urbana

    01/08 a 13/08 - Chácaras Paraíso, Horta Comunitária, Água Limpa, Rocinha,

    São José, Centro, Alto de Santana, Ipabinha, Beira Linha, Brejão e Horto;

    13/08 a 14/08 - Pompel, Carvoeira e Caulim, Veraneio, Josefino Ancio;

    Residencial Paraíso;

    16/08 a 23/08 - Village dos Lagos e Barra Grande, Chácaras do Vale,

    Garrafinha AABB; Limeira e Gran Royal, Cascalheiras, Bom Sucesso;

     4ª e 5ª semanas – zona urbanas

    Parque Caravelas, Parque Veneza, Jardim Vitoria, Residencial Bethânia, Cidade Nova

    Dias D:

    - Bairro Industrial 12/08

    - Bairro Bom Pastor/Cidade Verde 19/08

    - Bairro Águas Claras 26/08

    - Bairro Cidade Nova 02/09

    Timóteo

    Já em Timóteo, a vacina nos pets será aplicada em dois sábados, dias 26 de agosto e 2 de setembro. É válido lembrar que a vacinação é obrigatória e a primeira dose deve ser aplicada a partir dos três meses; a segunda dose após 30 dias para aqueles vacinados pela primeira vez.

    Calendário

    26 de agosto

    Locais: Praça 1º de Maio (Praça do Coreto); UBS e Praça do Alegre; PSF Alphaville; MAMP, no Alphaville; Igreja Católica, Praça da rua Jutaí e quadra poliesportiva do Recanto Verde; Creche Santa Terezinha; UBS Limoeiro; UBS Macuco; UBS e Escola João Bolinha, ambos no Cachoeira do Vale; E.E. João Cotta de Figueiredo Barcellos; Associação de Bairro dos Vieiras; UBS Petrópolis; Praça do Bromélias; Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), no Funcionários; Praça do Vila dos Técnicos; Associação de Moradores do Bairro Eldorado e Área de Lazer Joaquim Augusto, no Santa Maria.

    2 de setembro

    Locais: UBS Ana Rita; Escola Municipal José Moreira Bowen; Praça 29 de Abril; Praça José Moreira Borges, no Santa Cecília; praça em frente a Prefeitura; Assembleia de Deus, no John Kennedy; Secretaria de Obras e UBS no bairro Primavera; UBS João XXIII; Praça do Coliseu, no Timirim; IMETT, no Novo Horizonte; Praça do Bairro Olaria; E.E. Professora Ana Letro Staacks, no Quitandinha; Escola Municipal Novo Tempo; UBS Novo Tempo;  Escola Ana Moura (antigo Cefet), no Vale Verde; UBS e Praça do Ana Moura; Escola Municipal de Timóteo, no Alvorada; Praça do São Cristóvão e UBS Timotinho.

    A prefeitura salienta que a vacinação antirrábica na área rural e bairros com algumas peculiaridades ocorre até o fim de setembro e percorrerá o Arataquinha, Nova Esperança, Jardim Vitória, Distrito Industrial, Recanto do Sossego, Córrego do Caçador (final do bairro), Esplanada, Santa Maria, Ferroviários, Fazenda Bela Vista e Nossa Senhora das Graças.

     A contaminação por raiva humana ocorre por mordida, lambida ou mesmo arranhada por animais infectados. Foto: PMT/Divulgação.

    A raiva

    Causada por vírus do gênero Lyssavirus, a raiva é uma doença contagiosa considerada grave, com alto nível de letalidade, que causa grande inchaço do cérebro e compromete o sistema nervoso central. A contaminação por raiva humana ocorre por mordida, lambida ou mesmo arranhada por animais infectados, em especial, gatos, cachorros e morcegos. A melhor forma de prevenir a contaminação e disseminação dessa zoonose é a vacinação.

    “Os animais domésticos, a partir dos três meses de idade, devem ser vacinados pelo menos uma vez por ano. Este é o momento de retribuir toda a alegria que os nossos bichos de estimação nos proporcionam, garantindo a eles a vacina contra a raiva. É muito importante que as pessoas que não estiverem em casa, na data da vacina em seus respectivos bairros, liguem para o Setor de Zoonoses para garantir a imunização de seus cães e gatos”, ressalta a médica veterinária de Santana do Paraíso, Alice Kelly.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]