Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Projeto veda aumento de pedágio com obras atrasadas em Minas Gerais

    Temas como a duplicação da BR-381 também foi assunto na reunião da ALMG

    Por Plox

    02/09/2021 20h13 - Atualizado há 26 dias

    Proposição que veda o aumento de tarifas dos pedágios em trechos em que as obras de melhoramento estiverem atrasadas foi aprovada, em 1º turno, pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). De autoria do deputado Cleitinho Azevedo (Cidadania), o Projeto de Lei (PL) 554/19 foi analisado na Reunião Extraordinária desta quinta-feira (2). 

    Os deputados acataram o substitutivo nº 2, apresentado pela Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO), durante a tramitação. O texto aprovado acrescenta artigo à Lei n° 12.219 de 1996, que autoriza o Poder Executivo a delegar, por meio de concessão ou de permissão, os serviços públicos que menciona.

    Foto: Luiz Santana

     

    Duplicação da BR-381

    Na Reunião Ordinária de Plenário realizada na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quinta-feira (2), deputados foram à tribuna para repercutir o edital de concessão das BRs 381 e 262, publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (1º/9). Outro assunto que pautou os discursos foi o manifesto divulgado pela Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) também nesta quarta (1).

    Rodovias receberão melhorias. Foto: divulgação/ Polícia Militar Rodoviária

     

    O deputado Bernardo Mucida (PSB) destacou a importância da concessão das BRs 381 - entre Belo Horizonte e Governador Valadares (Rio Doce) - e 262 - de João Monlevade (Central) a Viana (ES). Ele lembrou que a duplicação das duas rodovias, conforme previsto no edital, vai beneficiar a região de Itabira, o Vale do Aço e o Vale do Rio Doce. Mas chamou atenção para o prazo de duplicação do trecho mais crítico, entre Belo Horizonte e Caeté (Central), que deve ser concluída somente em 2029.


     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]