Brasil

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Popó e outros famosos sofrem golpe milionário em investimento de criptomoedas

    Ex-campeão mundial de boxe revela prejuízo de R$ 1 milhão em esquema de pirâmide com moeda virtual.

    Por Plox

    02/10/2023 16h00 - Atualizado há 5 meses

    Acelino Freitas, mais conhecido como Popó, ex-campeão mundial de boxe, confessou ter sido vítima de um golpe de criptomoedas, onde acabou perdendo R$ 1 milhão. De acordo com suas declarações, ele investiu na empresa Braiscompany, acreditando ser um investimento confiável, entretanto, a realidade mostrou-se outra. Atualmente, a empresa encontra-se sob investigação.

     Foto: Reprodução/Facebook

    Em entrevista ao "Fantástico", da TV Globo, Popó descreveu o ocorrido. Ele foi levado a acreditar que obteria um retorno de até 8% sobre o montante investido. "Fui muito otário. Não existe rendimento de 8% em qualquer lugar do mundo", lamentou o ex-boxeador.

    Popó detalhou que sua decisão de investir veio após assistir a lives no Instagram de um dos empresários da Braiscompany, que fazia promessas de retornos financeiros grandiosos. "A forma que o cara olhava, as lives que ele fazia todo dia, o poder de convencimento de que a coisa era real", explicou. Apesar de obter lucro no início, Popó foi lesado quando tentou sacar o dinheiro da plataforma pela segunda vez.

    Outras vítimas

    Além de Popó, outros famosos também foram enganados pela empresa. Magno Alves, ex-jogador de clubes como Atlético, Fluminense e Ceará, teria perdido mais de R$ 30 milhões. O caso já está na Justiça. Segundo a Polícia Federal, mais de 18 mil clientes encontram-se na mesma situação, e diversos bens foram apreendidos dos proprietários da empresa.

    No mundo do futebol

    Gustavo Scarpa, que já jogou pelo Palmeiras, também tenta reaver uma quantia milionária devido a um investimento similar. Scarpa afirma ter aplicado R$ 6,3 milhões na XLand, uma empresa que oferecia rentabilidade entre 2% a 5% em criptomoedas. A recomendação para o investimento teria partido de Willian Bigode e sua sócia, Camila Moreira de Biasi. Outro jogador do Palmeiras, Mayke, e sua esposa, Rayanne de Almeida, também foram prejudicados, investindo mais de R$ 4,5 milhões.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2024[email protected]