Atlético, com um a menos, conquista empate heroico diante do Fortaleza

02/11/2019 19:21

A equipe alvinegra lutou até o fim e evitou a derrota com gol marcado no fim do jogo

Publicidade

O Atlético empatou com o Fortaleza na tarde deste sábado (02). Mesmo com um jogador a menos desde o começo do segundo tempo, o Galo conseguiu igualar o marcador no fim do jogo. O jogo foi realizado no Castelão, em Fortaleza.

Com o resultado o Atlético permaneceu na 13ª colocação, empatado em pontos com o Fortaleza, que ocupa a 12ª, mas precisa torcer contra o Ceará e o Botafogo para não acabar a rodada na 15ª.

49002871057 181ccf9d3b c Foto: Reprodução/Atlético

O time da casa chegou ao gol aos 14 minutos do primeiro tempo, após Osvaldo lançar a bola para área e Gabriel Dias cabecear contra a meta do goleiro Cleiton. O Galo não demorou empatar, aos 23 minutos Patric aproveitou que o goleiro Felipe Alves tirou mal a bola, pegou na intermediária e acertou um chutaço enquanto o goleiro ia voltando ao gol.

O Fortaleza então se atirou para cima mais uma vez e o empate não ficou por muito tempo no placar. Aos 27 minutos, Gabriel Alves aproveitou o escanteio para cabecear e marcar o segundo gol do Fortaleza, o seu segundo no jogo.

As coisas se complicaram quando Geuvânio foi expulso por uma falta boba, quase no meio-campo. O meio-campista do Atlético parou a jogada puxando o jogador do Fortaleza, como já tinha amarelo, recebeu o segundo cartão e foi expulso de campo pelo árbitro.

O jogo continuou movimentado dos dois lados. Apesar da desvantagem numérica, a equipe alvinegra não desistiu e conseguiu um empate heroico já no fim do jogo. Aos 41 minutos da etapa final o garoto Marquinhos, que entrou muito bem no jogo, fez uma linda jogada individual e tocou para Fábio Santos, que só ajeitou o corpo e bateu sem chances para o goleiro do Leão.

Curiosamente os quatro tentos anotados na partida foram marcados por laterais. Gabriel Alves, que fez os dois para o Fortaleza e Patric e Fábio Santos, pelo Galo.

O autor do gol do empate alvinegro ressaltou que o empate heroico devido as circunstâncias precisa ser comemorado.

“Tem que ser valorizada a entrega de todos. Quem começa, quem entra depois. A gente está bem focado em chegar nos 45 pontos, que é a nossa realidade no campeonato. O empate foi um resultado justo. Esse empate vai nos dar muita força para a sequência no campeonato”, afirmou o lateral.

O Galo volta a jogar na próxima quarta, no Mineirão, onde encara o Goiás, às 20h. Já o Fortaleza viaja até São Paulo para enfrentar o Corinthians, também na quarta, às 19h30.

 



Publicidade