Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Primeiro Ministro Boris Johnson pede ambição de líderes mundiais e anuncia mais de 1bi de libras de financiamento do clima

    Reino Unido se comprometeu a adicionar £1bilhão na ajuda britânica para financiamento climático, se a economia crescer como o previsto

    Por Plox

    02/11/2021 13h32 - Atualizado há 27 dias

    “O mundo deve sair da aspiração para a ação em busca de limitar o aumento das temperaturas globais.” disse o Primeiro-Ministro Boris Johnson aos líderes presentes na COP26, ao comprometer-se com o aumento do financiamento climático do Reino Unido em £1 bilhão até 2025, ontem (1) em Glasgow.

    Em um discurso na Cerimônia de Abertura da Cúpula de Líderes Mundiais, o Primeiro-Ministro pediu que os líderes mundiais deem passos concretos na descontinuação do uso de carvão, aceleração na transição para veículos elétricos, e na parada completa do desflorestamento assim como no apoio com financiamento climático à países em desenvolvimento na linha de frente da crise climática.

    Foto: Divulgação

     

    Essas ações farão muita diferença na redução de emissões desta década e no caminho mundial para a neutralidade de emissões e para manter vivo o objetivo mundial de limitar o aumento do aquecimento global em 1,5°C, de acordo com o Acordo de Paris.

    Liderando pelo exemplo, o Reino Unido dobrou seu compromisso com Financiamento Climático Internacional para £11,6 bilhões no curso de 5 anos em 2019, e o novo anúncio do Primeiro Ministro hoje aumentará este compromisso para £12,6 bilhões, liderando o financiamento mundial, se a economia crescer como o esperado.  

    O Financiamento Climático Internacional do Reino Unido é retirado do orçamento de ajuda exterior, que – de acordo com a Spending Review – está previsto para voltar a ser 0.7% da Renda Nacional Bruta em 2024/25. O financiamento vai para programas que mudam vidas ao redor do mundo, auxiliando as defesas de comunidades que estão na linha de frente das mudanças climáticas, protegendo a natureza e biodiversidade, e apoiando a transição global para energia limpa e sustentável.

    Na Cerimônia de Abertura, hoje, o Primeiro Ministro Boris Johnson disse:

    “A Humanidade já estrapolou seu tempo para agir contra as mudanças climáticas”

    “Falta 1 minuto para meia-noite e precisamos agira agora”

    “Se não agirmos contra as mudanças climáticas hoje, será muito tarde para que nossos filhos o façam amanhã”

    Ele também defendeu que:

    “Temos que sair da fala, debate e discussão para as ações reais sobre carvão, carros, dinheiro e árvores”

    Ainda hoje, o Primeiro-Ministro trará para a discussão algumas maiores economias do mundo e os países mais vulneráveis às mudanças climáticas para escutar o que está em jogo se nenhuma ação for tomada e definir o tom das próximas duas semanas de negociação.

    A COP26 acontece seis anos após a assinatura do Acordo de Paris por mais de 190 países para limitar o aumento do aquecimento global a menos de 2°C, para alcançar 1,5°C. De acordo com a ONU, as temperaturas globais estão atualmente previstas para aumentar 2,7°C.

    Cientistas deixaram claro que as emissões devem cair pela metade até 2030 para manter os objetivos acertados em Paris ao alcance do mundo.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]