Ipatinga

educação

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Após recusa das universidades, MEC volta atrás e aulas não retornarão em janeiro

    Ministro da Educação disse que irá abrir uma consulta pública para ouvir a comunidade acadêmica

    Por Plox

    02/12/2020 16h26 - Atualizado há 10 meses

    Após recusa da universidades, o Ministério da Educação (MEC) vai revogar a portaria que determinava a volta às aulas a partir de janeiro. O ministro da Educação, Milton Ribeiro, em entrevista ao canal CNN Brasil, disse que vai abrir uma consulta pública para ouvir a comunidade acadêmica.

    O MEC foi criticado pelas universidades que afirmaram que não estão preparadas para retorno às aulas com segurança.

    "Quero abrir uma consulta pública para ouvir o mundo acadêmico. As escolas não estavam preparadas, faltava planejamento", afirmou o ministro.

     

     

    Sala de aula
    Foto: Agência Brasil

     

    O que tinha sido decidido

    O documento estabelece ainda a adoção de recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais, que deverão ser “utilizados de forma complementar, em caráter excepcional, para integralização da carga horária das atividades pedagógicas”.

    O texto da portaria diz, também, que as “práticas profissionais de estágios ou as que exijam laboratórios especializados, a aplicação da excepcionalidade”, devem obedecer às Diretrizes Nacionais Curriculares aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), “ficando vedada a aplicação da excepcionalidade aos cursos que não estejam disciplinados pelo CNE”.

    O documento estabelece que, especificamente para o curso de medicina, "fica autorizada a excepcionalidade apenas às disciplinas teórico-cognitivas do primeiro ao quarto ano do curso, conforme disciplinado pelo CNE".

    Por Agência Brasil.

    Texto modificado e atualizado.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]