Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Caminhão desgovernado quase atinge criança que foi salva por idoso; veja o vídeo

    Menina de 4 anos estava sentada em um dos carros atingidos e foi retirada às pressas

    Por Plox

    02/12/2021 14h19 - Atualizado há 8 meses

    Um vídeo registrado por câmera de segurança mostra o momento em que um caminhão desgovernado por pouco não atinge um homem com uma criança no colo. O incidente ocorreu na tarde da última terça-feira (30), na Vila Sândano, em Ourinhos, no estado de São Paulo.
     

    O homem que aparece na imagem correndo é Sérgio Aparecido Moreira, de 73 anos, que salvou a vida da menina de 4 anos ao perceber a aproximação do veículo e retirá-la do local às pressas.

    “Nem tive tempo de pensar em nada, quando escutei a gritaria e vi o caminhão descendo só pensei em pegar a Sarah no colo e sair correndo. Foi por muito pouco, o caminhão passou raspando. Foi por Deus”, disse o comerciante em entrevista ao g1. 

    Conforme a Polícia Militar, o motorista do caminhão estacionou o veículo que, logo em seguida, apresentou problemas no freio de mão e desceu a rua. O caminhão atingiu dois carros estacionados numa oficina e um poste. 

    O comerciante Sérgio e a pequena Sarah. Foto: arquivo pessoal

     

    A criança estava sentada na caçamba de um dos carros atingidos. “Ela [Sarah] é muito apegada a mim, é grudada em mim e desde pequenininha gosta de ficar comigo aqui na oficina. Sua mãe sabe que cuidamos e por isso deixa que ela venha sempre aqui”, explicou Sérgio.

    “Ela estava sentadinha aqui na nossa loja e saiu para ir à oficina como sempre faz. Eu vi o caminhão descendo a rua e num primeiro momento nem percebi que ele estava sem motorista. Quando ouvi o barulhão corri para fora e vi minha filha ainda chorando no colo do Seo Sérgio. Foi um alívio”, disse a mãe da garota, Vanessa Rosseto, também em entrevista ao g1.

    Uma picape teve a caçamba destruída. Foto: arquivo pessoal/Maurílio Eduardo Rosseto

     

    O outro veículo ficou totalmente destruído. Foto: arquivo pessoal/Maurílio Eduardo Rosseto
    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]