Lula em missão diplomática no Golfo Pérsico: acordos e controvérsias

Primeira viagem internacional do presidente após cirurgias traz acordos bilaterais e questões polêmicas

Por Plox

02/12/2023 08h27 - Atualizado há 8 meses

Na sua primeira jornada internacional pós-cirurgias, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva liderou uma comitiva brasileira pelo Golfo Pérsico, gerando resultados ambíguos: avanços em acordos bilaterais e controvérsias diplomáticas. A viagem incluiu a participação na COP-28 em Dubai e reuniões com líderes do Golfo, incluindo o príncipe herdeiro saudita, Mohamed bin Salman, envolvido em polêmicas prévias.

 

Foto: Ricardo Stuckert/PR

O encontro com Bin Salman, marcado pela discussão de investimentos sauditas no Brasil, foi ofuscado pelas suspeitas que cercam o príncipe, incluindo um presente controverso à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e alegações de envolvimento no assassinato do jornalista Jamal Khashoggi em 2018.

Além disso, discussões sobre um potencial investimento de US$ 10 bilhões do Fundo Soberano Saudita no Brasil foram destacadas, focando em energia limpa, hidrogênio verde, entre outros setores.

A comitiva brasileira também esteve em eventos na Arábia Saudita, incluindo o Seminário Embraer, onde foram firmados memorandos de cooperação nas áreas de aviação civil e defesa. Na passagem por Doha, no Catar, Lula destacou o objetivo do Brasil em se tornar um "exportador de sustentabilidade", abordando setores como energia solar e eólica.

A presença de Lula na COP-28 foi marcante, com um discurso enfatizando a necessidade de redirecionamento dos gastos militares para combater a fome e as mudanças climáticas. Ele pressionou por metas climáticas mais ambiciosas e pela contribuição financeira de países ricos para nações em desenvolvimento.

As reuniões bilaterais em Dubai incluíram encontros com líderes globais, como António Guterres, Ursula von der Leyen e Emmanuel Macron, abordando temas como o papel do Brasil no G20, o acordo entre Mercosul e União Europeia, e questões ambientais.

O itinerário de Lula em Dubai continuou com agendas focadas no diálogo com a sociedade civil, mudança climática e celebrações do Dia Nacional dos Emirados Árabes Unidos. A visita ressalta o papel ativo do Brasil na arena internacional, equilibrando diplomacia, comércio e desafios ambientais.

 

 

Destaques