Ipatinga

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    FutPlox desta segunda (3) fala sobre o “choque de gestão” de Ronaldo no Cruzeiro

    Planejamento feito pelos antigos comandantes do futebol da Raposa, praticamente caiu por terra com a chegada do Fenômeno

    Por Plox

    03/01/2022 14h16 - Atualizado há 7 meses

    Nesta segunda-feira (3), o FutPlox podcast recebe Luiz Filho e Filipe Ventura, para falar sobre a situação que vive o Cruzeiro. Após a venda do clube, o “choque de gestão” de Ronaldo Fenômeno tem surpreendido torcedores e colocado em cheque o planejamento feito para esse ano, pelos antigos comandantes do futebol do time Celeste.

    No dia 18 de dezembro de 2021, um sábado de tempo nublado em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, o Cruzeiro anunciou que Ronaldo Fenômeno, ex-jogador do clube e um dos maiores jogadores do mundo, comprou 90% do clube. O anúncio foi como se o sol se abrisse só no Clube, que ganhou manchetes de jornais nacionais e internacionais. O time mineiro foi o primeiro time do país a se tornar empresa, com a Sociedade Anônima do Futebol, comprada por um dos maiores jogadores da história da Seleção Brasileira.

    Foto: reprodução/ Instagram/ Cruzeiro

     

    Com a notícia, muito burburinho começou sobre a situação, principalmente com a publicidade trazida por Ronaldo, que também é dono do Valladolid, da Espanha. Ronaldo comprou 90% do clube por R$ 400 milhões, prometeu trabalho e empenho para o Cruzeiro voltar a primeira prateleira do futebol nacional e sul-americano, mas nem tudo são flores. O valor do investimento será feito ao longo dos anos, assim como o pagamento das dívidas do clube, que deve ocorrer nos próximos 10 anos.

    No dia da compra, Sérgio Santos Rodrigues, presidente do Cruzeiro, afirmou que quem comandará e dará a palavra final em relação ao futebol do Clube é o Fenômeno. Com isso, o planejamento, que começou a ser pensado em dezembro do ano passado, mudou drasticamente, com o “choque de gestão”.

    Alexandre Mattos, que já estava fechado para ser o homem forte do futebol, foi dispensado. Luxemburgo, que salvou o Cruzeiro do rebaixamento para a Série C e renovou para este ano, também. Para o lugar do técnico, a Raposa espera pelo uruguaio Paulo Pezzolano, que deve chegar nesta terça em Belo Horizonte, para acertar os detalhes finais.

    Além dos comandantes, ainda tem jogadores que chegaram a ser anunciados pelo time. Sidnei, zagueiro que estava no Bétis, da Espanha, foi comunicado pela nova gestão que não terá como pagá-lo. Pará, lateral que pertencia ao Santos, também não vem mais.

    Porém, o “choque de gestão” vai mais fundo e chega aos jogadores que já estavam no clube, que segundo a gestão do Fenômeno, têm salários bastante altos, em relação a outros times da Série B. Fábio, jogador que mais vestiu a camisa e um dos ídolos do clube, foi um deles. Segundo as informações, ele será chamado para renegociar seu contrato.

    Além do choque dentro de campo, outros setores do clube também passarão por reformulação, como a base, que deverá ter novos comandantes. Essa também a situação do departamento médico do clube, que teve as saídas de Daniel Baumfeld, superintendente médico, e Leonardo Fantini, médico que atuava no profissional. O FutPlox é às 19h, no Youtube e Facebook do @ploxbrasil e vai abordar toda a situação do time Celeste.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]